Armani vai produzir aventais para médicos e enfermeiros

ANA ESTELA DE SOUSA PINTO

BRUXELAS, BÉLGICA (FOLHAPRESS) - O estilista italiano Giorgio Armani vai começar a produzir aventais para médicos e enfermeiros em todas as suas fábricas, como forma de apoiar os sistemas públicos de saúde.

Em países da Europa onde a crise já dura mais tempo, como Itália e Espanha, há falta de materiais e equipamentos nos hospitais. Médicos do Reino Unido também pediram ao governo que reforce o fornecimento.

Armani já havia doado 1,25 milhão de euros para os hospitais italianos, e agora aumentou o valor para 2 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões).

A indústria de moda italiana também está se associando com indústrias têxteis para fabricar máscaras de produção, em falta no país.