Ariana Grande pede proteção por medo de fã obcecado que tentou invadir sua casa

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Ariana Grande, 26, entrou com pedido de proteção judicial contra um fã que se diz obcecado por ela. As informações são do site TMZ.

De acordo com a publicação, a artista entrou com documentação e pediu ordem de restrição a um homem que tem por volta de 20 anos e que já tentou invadir a casa dela na última semana, em Los Angeles.

O tal homem acabou preso na ocasião. Ele tinha em mãos uma carta romântica que queria entregar para a artista. Só que o rapaz foi muito bruto na tentativa de entrar à força na mansão. A polícia foi chamada e na abordagem ele acabou se complicando ao resistir à prisão.

O homem foi indiciado por transgressão e por ter cuspido nos policiais que o tentavam prender.

RETROSPECTO

Fãs obcecados que tentam invadir casas de artistas não é uma novidade no mundo dos famosos. Em 2010, um fã passou 277 dias preso por ter invadido a casa da cantora Rihanna.

Em 2015, segundo o site TMZ, um fã obcecado de Kris Jenner foi pego no pulo invadindo a casa da socialite. Após entrar na casa alegando ter uma reunião com Jenner, ele entrou no escritório da socialite, que prontamente chamou a polícia.

No Brasil também acontece. Em 2016, Anitta teve a casa num condomínio de luxo na Barra da Tijuca, no Rio, invadida por um fã. O homem se passou por funcionário e conseguiu driblar a segurança do condomínio, onde também moravam Flávia Alessandra, Juliana Paes e Marina Ruy Barbosa.

Um caso que ficou marcado foi a invasão de um homem no hotel onde estava Ana Hickmann e sua família, em 2016. Na ocasião, o homem acabou morto. O caso aconteceu em Belo Horizonte (MG).