Ariana Grande cancela passagem de som e encontro com fãs após ataques de pânico

**ARQUIVO**NOVA YORK, EUA, 29.08.2014: Ariana Grande durante apresentação no programa The Today Show, em Nova Iorque, EUA. (Foto: Ivan Nikolov/Wenn/FramePhoto/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ariana Grande, 26, precisou cancelar encontro com os fãs e passagem de som por ataques de ansiedade e depressão. Segundo o Daily Mail, a cantora avisou previamente por e-mail a todos que haviam comprado entradas para o evento, que aconteceu nesta sexta-feira (30) em Antuérpia, na Bélgica. A apresentação, parte da turnê mundial "Sweetener", foi mantida. 

"Oi, meus amores. Hora de um pouco de honestidade. Minha ansiedade e depressão estão mais fortes que de costume. Eu tenho dado a vocês tudo que tenho e feito o possível para mascará-las. Hoje foi mais difícil", disse a voz de "Thank you, next" na mensagem enviada aos fãs. 

A cantora disse ainda que, após os ataques de pânico, sentiu que a melhor decisão seria não fazer a passagem de som ou o encontro com os fãs para "guardar energia para o show". 

"Eu gosto de passar tempo de verdade com vocês e não conseguiria estar presente ou dar o melhor de mim hoje. Eu queria poder controlar esses ataques, mas como qualquer pessoa com ansiedade ou depressão entende, algumas vezes você só consegue funcionar segundo as vontades deles e não as suas", continuou. 

A artista já havia abordado o tema em seu quarto álbum de estúdio, "Sweetener", que dá nome à turnê. A faixa "Breathin", lançada em setembro do ano passado, descreve suas crises de ansiedade.

Ariana afirmou na mensagem que todos os valores pagos, tanto para o encontro quanto para a passagem de som, seriam reembolsados. A turnê começou em março de 2019 e está com agenda cheia até dezembro. 

Ainda na Europa, Ariana se apresentou em Manchester (Inglaterra), dois anos depois do atentado que matou mais de 20 pessoas que assistiam seu show. Ela retornou a cidade que marcou sua carreira de forma negativa para uma parada LGBT+.