Ariadna Arantes se revolta com fala transfóbica de Scooby: "Máscaras caem"

·3 min de leitura
Ariadna Arantes, ex-BBB e No Limite (Reprodução Instagram)
Ariadna Arantes, ex-BBB e No Limite (Reprodução Instagram)

A ex-BBB Ariadna Arantes voltou a se pronunciar sobre os casos de transfobia no "BBB22", desta vez se referindo a um comentário feito por Scooby em papo com Lina. No episódio, a cantora brincou que estava interessada em seu irmão, João Vitor, e o surfista respondeu: "Ih, meu irmão, ele vai em tudo".

Ariadna foi a primeira mulher trans a participar do BBB, e em entrevista para a repórter Barbara Saryne já havia contado ao Yahoo! sobre ser vítima de transfobia por parte de Scooby em uma treta em Milão em 2019.

Em seu Twitter, a ex-BBB explicou que, quando acusou Scooby de transfobia após o brother entrar no "BBB22", muitos não acreditaram em seu depoimento. "Agora que entrei aqui no Twitter que tô vendo vocês me marcando na fala transfóbica do Scooby.

Eu fui chamada de biscoiteira, me acusaram de querer mídia, eu fui a agredida verbalmente, mas vocês passaram a mão na cabeça dele dizendo que em 2 anos tudo muda", lamentou ela, que explicou que foi humilhada por haters e transfóbicos nas redes sociais.

"Fui humilhada no Instagram com palavras pesadas. Além disso haters fãs do moço me ofenderem…O que tenho a dizer é: não é a primeira vez que ele faz dentro do BBB e aqui fora, vai saber né? As máscaras não ficam pra sempre, elas caem. Passem mais pano pra ele que tá pouco…", completou.

Caso de transfobia de 2019

Primeira mulher trans a participar do "BBB", Ariadna Arantes está de olho em tudo que acontece na edição atual para defender com unhas e dentes sua amiga Linn da Quebrada.

Após Eslovênia e Rodrigo fazerem comentários transfóbicos nas primeiras horas de convivência com a atriz, Ari usou suas redes sociais para lamentar o ocorrido e entregar que já teve problemas aqui fora, pelo mesmo motivo, com outro brother: Pedro Scooby.

Em entrevista ao Yahoo, Ariadna revelou detalhes do desentendimento com o surfista. A treta aconteceu em Milão no ano de 2019, época em que ele namorava a cantora Anitta. "Quando a Anitta nos apresentou, ele perguntou se eu era trans e respondi que a palavra trans vinha de transição, que eu já tinha passado pela minha, que eu era uma mulher", iniciou a influenciadora.

Segundo Ari, Anitta saiu para dar uma entrevista e ela ficou no espaço com Scooby e outras convidadas no camarim. "Tinham duas travestis irmãs de santo da Anitta convidadas dela com a gente. E aí, em um momento, ele estava fazendo um Facetune, acho que com o irmão ou amigo que ele chamou de irmão, e falou: 'Aí, tô com 3 travecos aqui'. Aí na mesma hora eu levantei e falei: 'Traveco não, não me chama de traveco. Me respeita porque eu sou uma mulher", relatou Ariadna.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos