Argentina x Polônia na Copa de 1978 teve primeira versão da 'mão de Deus'; relembre

Oito anos antes de Maradona marcar com a mão o histórico gol contra a Inglaterra, na Copa do México-1986, o atacante Mario Kempes, herói do primeiro título argentino, protagonizou uma espécie de primeira versão da "mano de Dios". O lance ocorreu no duelo contra a Polônia, na abertura da segunda fase. Quase meio século depois, as duas seleções voltam a se encarar nesta quarta-feira, às 16h (de Brasília), no Estádio 974, em Doha.

Simulador: você decide quem será campeão da Copa do Catar

Tabela da Copa: Datas, horários e grupos do Mundial do Catar

Anfitriã daquele Mundial, a Argentina passou apenas em segundo lugar para a segunda fase e teria pela frente, logo no primeiro duelo, a Polônia, do atacante Lato. Kempes, artilheiro e melhor jogador da Copa, abriu o placar para os donos da casa, aos 16 minutos.

Mas os poloneses foram ao ataque. Em cobrança de falta pela esquerda que cruzou a área, Fillol saiu errado e a bola sobrou para Lato, que cabeceu forte para o gol, com o goleiro ainda tentando se recuperar. Foi quando Kempes voou e salvou o gol com a mão direita.

Álbum completo: conheça todos os 831 jogadores da Copa

Ao vivo: Bastidores, informações e análises da cobertura direto de Doha

O árbitro sueco Ulf Eriksson marcou pênalti e, na cobraça, Fillol pulou no canto esquerdo para pegar a cobrança de Deyna, capitão polonês. Depois, a Argentina ampliaria com Kempes, que , passou de fase de maneira invicta e sagrou-se campeã pela primeira vez ao vencer a Holanda por 3 a 1, na final.