Argentina confirma primeiro caso de coronavírus

GETTY IMAGES

As autoridades sanitárias confirmaram, no começo da tarde desta terça-feira (3), o primeiro caso confirmado do novo coronavírus na Argentina. Trata-se de um paciente que já estava internado na clínica Suiço-Argentina, no bairro de Palermo, em Buenos Aires.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

O homem, que tem entre 40 e 47 anos, voltou no domingo de uma viagem à Espanha e à Itália, onde teria adquirido o vírus. 

Leia também

Nas últimas semanas, as autoridades sanitárias começaram a realizar controles nos aeroportos internacionais, em voos vindos da Europa, dos EUA e da China, tomando temperatura e pedindo que as pessoas preenchessem formulários. Este caso, porém, teria passado batido pelo controle.

Na Europa, Papa testa negativo para coronavírus

O Papa Francisco, que cancelou sua participação em um retiro espiritual fora de Roma devido a um resfriado, apresentou resultado negativo em um exame para detectar uma possível infecção com o novo Coronavírus, enquanto o Vaticano reforçou seus controles.

Questionadas pela AFP, fontes do Vaticano consideraram "improvável" a publicação de um boletim de saúde do chefe da Igreja Católica.

"Não há evidências que nos levem a diagnosticar outra coisa senão uma leve indisposição", disse o porta-voz do Vaticano Matteo Bruni à AFP no domingo, em resposta a inúmeras perguntas da imprensa em meio à epidemia de coronavírus.

A Itália registrou 52 mortes e mais de 2.000 casos de contágio, cerca de metade dos quais sem sintomas ou doença.

O papa anunciou no domingo que não participaria de um retiro espiritual de seis dias com a Cúria em Ariccia, sul de Roma, devido a um "resfriado".

Ele explicou que faria os "exercícios espirituais" de sua residência na Cidade do Vaticano.

Durante a oração do Angelus e dirigindo-se aos fiéis no domingo, o papa de 83 anos teve que parar duas vezes devido a acessos de tosse.

Depois da audiência geral celebrada ao ar livre na última quarta-feira, ele cancelou suas audiências públicas agendadas para quinta e sexta-feira. Agora tem realizado apenas reuniões privadas.