Argentina, 1985: Disponível no Prime Video, filme conquistou a vitória da América Latina no Globo de Ouro

Parte importante da temporada de premiações, o Globo de Ouro 2023 aconteceu na última terça-feira (10), nos Estados Unidos. A cerimônia premiou filmes e séries que se destacaram ao longo dos últimos meses, como The White Lotus, Os Fabelmans, Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo, Abbott Elementary, entre outros.

A categoria de Melhor Filme de Língua Não-Inglesa, uma das principais da noite, teve uma intensa disputa entre filmes que devem ser vistos também no Oscar e em outras premiações. Projetos que nem sempre recebem a atenção devida, já que a distribuição de longas internacionais ganham distribuições menores no circuito comercial, a lista da edição foi composta por RRR (Índia), Nada de Novo no Front (Alemanha), Close (Bélgica), Decisão de Partir (Coreia do Sul) e Argentina, 1985, o grande vencedor da noite.

Baseado em fatos reais, o longa disponível no Prime Video tem direção de Santiago Mitre, de A Cordilheira, Paulina e O Estudante. No elenco principal está Ricardo Darín, Juan Pedro Lanzani, Antonia Bengoechea e Gina Mastronicola.

Eleito como um dos melhores filmes de 2022, o filme produzido pela Amazon Studios é descrito como "um filme popular sobre a justiça do povo, equilibrando catarse histórica emocionante com toques de comédia doméstica engraçada e definido para atrair multidões com o boca a boca entusiástico" pela Variety.

Para o AdoroCinema, "Argentina, 1985 mostra pessoas com tal ideologia mais conservadora, mas surge com uma visão otimista que a empatia é mais forte que uma opinião política, quando a informação e justiça cumprem seus deveres com a verdade".

Já o Deadline celebra o filme por unir a "unir da luta política com a trama de uma luta humana". O veículo continua: "Seu escopo é amplo, suas complexidades legais bem explicadas, mas Argentina 1985 é levado de uma cena para outra por Darín no que é sem dúvida a maior atuação de sua carreira até agora".

Qual é a história de Argentina, 1985?

Argentina, 1985 é inspirado na história de Julio Strassera, Luís Moreno Ocampo e sua equipe. Eles processaram militares da ditadura argentina em um movimento conhecido como Julgamento das Juntas. O processo começou pouco tempo antes do começo do julgamento, quando dois promotores começaram a pesquisar e julgar as cabeças da Ditadura Militar Argentina.

Strassera e Ocampo enfrentam-se à influência das pressões políticas e militares e reúnem uma equipa legal de advogados para levar a cabo o julgamento das juntas. O Julgamento das Juntas foi o primeiro julgamento no mundo por um tribunal civil contra comandantes militares que tinham estado no poder.

Começando em 22 de abril de 1985, o julgamento durou muito tempo, cerca de 530 horas de audiência e 850 testemunhas que viram o chamado "causa 13". No final, 709 casos foram julgados e sentenciados pelos juízes León Arslanian, Ricardo Gil Lavedra, Jorge Torlasco, Andrés D'Alessio, Guillermo Ledesma e Jorge Valerga Aráoz.

Leia o artigo em AdoroCinema

Globo de Ouro 2023: Lista de vencedores tem Steven Spielberg e House of the Dragon entre os principais destaques

Globo de Ouro elege Os Fabelmans como Melhor Filme; veja quais são os longas imperdíveis da premiação

Globo de Ouro 2023: Após boicote à premiação, Brendan Fraser perde para astro de Elvis

Globo de Ouro 2023: The White Lotus e House of the Dragon, de queridinhas a esnobadas? Conheça as vencedoras da edição

Globo de Ouro 2023: Eddie Murphy faz piada inesperada com tapa de Will Smith no Oscar