Arco do Triunfo começa a ser embrulhado como parte de instalação de arte em Paris

·2 minuto de leitura

Por Manuel Ausloos

PARIS (Reuters) - Quem visitava Paris neste domingo acabou surpreendido ao passear pela Champs-Élysées enquanto dezenas de trabalhadores começavam a cobrir o Arco do Triunfo em um invólucro cintilante, como parte de uma instalação póstuma do artista Christo no ponto turístico parisiense.

Os trabalhadores estavam colocando no arco do século 19 que tem 50 metros de altura algo em torno de 25 mil metros quadrados de embalagem plástica reciclável azul prateada, que estará à vista entre 18 de setembro e 3 de outubro.

Imaginada décadas atrás, em 1961, pelo falecido artista búlgaro Christo e sua esposa e colega artista Jeanne-Claude, que morreu em 2009, a instalação "L'Arc de Triomphe, Wrapped" sairá finalmente do papel pelas mãos do sobrinho de Christo, Vladimir Yavatchev, a um custo de cerca de 14 milhões de euros.

"O maior desafio para mim é que Christo não está aqui. Sinto falta de seu entusiasmo, suas críticas, sua energia e todas essas coisas. Isso, para mim, é realmente o maior desafio", disse Yavatchev à Reuters.

Christo, que passou parte de sua vida em Paris e em Nova York, certa vez alugou um pequeno quarto perto da famosa avenida Champs-Élysées depois de se mudar para Paris em 1958, quando experimentou embrulhar caixotes e barris descartados com tecido e corda, de acordo com o site oficial sobre o artista.

Christo, cujo nome completo é Christo Javacheff, era conhecido por suas instalações gigantescas. Ele já embrulhou um trecho da costa da Austrália e o prédio do Reichstag, o parlamento alemão, em Berlim, e pendurou uma enorme cortina em parte de um desfiladeiro no Colorado, nos EUA. Ele trabalhava em estreita colaboração com Jeanne-Claude nos projetos.

A dupla cobriu a Pont Neuf de Paris com tecido amarelo em 1985.

O projeto do Arco do Triunfo, envolvendo o monumento mais visitado de Paris e que se ergue sobre uma das pontas da Champs-Élysées, ainda permitirá aos turistas visitar o local e seu terraço panorâmico. O monumento também é o palco de uma homenagem ao Soldado Desconhecido, na forma de uma chama de memória que se reacende a cada dia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos