Apresentador da Record diz que foi impedido de apresentar último programa

Foto: Reprodução/Instagram@gilbertoribeiro.tv

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Demitido do cargo de apresentador do telejornal policial "Balanço Geral" na Record TV do Paraná, Gilberto Ribeiro disse hoje em suas redes sociais que foi impedido de se despedir dos telespectadores.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

"Cheguei para cumprir com minha obrigação, como sempre fiz. Cheguei para apresentar o último Balanço Geral Curitiba e me deixaram nem entrar aqui na RICTV Record (afiliada no Paraná). São 39 anos de história, que pena que termina assim dessa forma. Eu só queria saber o que fiz de errado", desabafou em vídeo.

"Foram 12 anos apresentando o Balanço Geral. Disseram que eu não me comprometi com o programa. Desses 12 anos que apresentei o BG, 11 anos sem férias. Só queria entender o que eu fiz de errado. Vida que segue", continuou.

No dia 18 de abril, Gilberto Ribeiro foi demitido da RIC TV. Ele costuma postar fotos de sunga em suas redes sociais, o que, segundo o site "Notícias da TV", teria incomodado a executiva da Record TV em São Paulo, que pedia uma postura mais sóbria.

Como a audiência do telejornal de Gilberto estaria em baixa, a justificativa acabou recaindo sobre o desempenho do Ibope. No entanto, com a repercussão do caso, a demissão acabou sendo revogada. Recontratado, Giberto seguiria no comando do "Balanço Geral Meio-dia" até o dia 17 de maio e a partir daí assumiria a edição de 6h30 do telejornornal.

Mas na semana passada, Gilberto deu uma nova reviravolta ao caso e anunciou sua saída da emissora. Um seguidores questionou o apresentadora na internet: "Realmente, estão lhe tirando por causa das fotos?". Ele então respondeu: Não, a diretora disse que meu tempo passou na TV (velho). Isso foi definitivo para não fazer BG de manhã. Já fui humilhado demais nessa vida", respondeu o jornalista.