Apresentador da MTV acusa PMs de racismo na abordagem

·2 minuto de leitura
Spartakus denunciou em seu Instagram o momento da abordagem dos policiais (Foto: Reprodução/ Instagram @spartakus)
Spartakus denunciou em seu Instagram o momento da abordagem dos policiais (Foto: Reprodução/ Instagram @spartakus)

Vítima de racismo, o influenciador digital, Spartakus Santiago, compartilhou o momento em que sofreu uma abordagem da polícia militar em São Paulo. O youtuber decidiu gravar um vídeo ainda com os polícias ao fundo, relatando sobre o ocorrido. Spartakus começou o vídeo explicando que estava fazendo uma caminhada e parou para mexer no celular quando se deparou com os dois polícias apontando a arma para ele.

“Esses dois polícias vieram apontando a arma pra mim, como se eu fosse um bandido, dizendo que eu estava com atitude suspeita, porque fiquei dez minutos parado mexendo no celular. Quero saber qual é a atitude suspeita de um homem negro que não pode simplesmente, ficar parado mexendo no celular? Eles não acreditaram e pediram o meu RG dizendo que eu sou um bandido”, disse em tom de indignação.

Leia também:

“Eu poderia estar morto, porque a polícia não protege os cidadãos de São Paulo. Eu pago os meus impostos, sou uma pessoa honesta, trabalhador e vem esse povo me tratando como se eu fosse bandido. Se você é uma pessoa negra neste país, não é respeitado. Eu tento não falar de racismo, mas ele bate na minha porta. Eu tento viver a minha vida, falar de música pop, do meu trabalho, mas eu não consigo caminhar porque esse povo vem atrás de mim, e me trata como se eu fosse um bandido”, reclamou ele, que ficou esperando a liberação da polícia, que só aconteceu após confirmação de que ele não era um meliante.

“Obrigado por não me protegerem, por apontar a arma pra quem está pagando o salário de vocês. Muito obrigada. Eu vou esperar vocês irem embora, porque eu tenho medo de vocês. Eu tenho medo! Gente, eu só vou desligar essa live depois que eu estiver longe daqui e em segurança”, disse o apresentador da MTV que saiu do local chorando.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos