Apple considera tirar produção de iPads da China por ‘guerra comercial’

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
iPad, agora no Vietnã? (Foto: AP Photo/Jeff Chiu)
iPad, agora no Vietnã? (Foto: AP Photo/Jeff Chiu)

A guerra comercial que os Estados Unidos de Donald Trump encampou contra a China de Xi Jinping nos últimos anos, com aumentos de tarifas visando prejudicar a economia do outro lado, está afetando os negócios de uma das maiores empresas americanas, a Apple.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Segundo uma reportagem da agência de notícias Reuters, a Apple considera mudar sua produção de iPads da China para o Vietnã como uma forma de se “proteger” desse embate comercial entre as duas potências.

Leia também:

Não foi divulgado quais modelos de iPad seriam produzidos no país do sudeste asiático.

A Foxconn, gigante taiwanesa que atua como parceira da Apple na produção de seus aparelhos eletrônicos, seguiria responsável pela fabricação, movendo-a para sua planta já existente no Vietnã – operação que deve ser expandida com um investimento de US$ 270 milhões.

Essa seria uma estratégia da Apple para “diversificar” seus centros de produção, que hoje se concentram em grande parte em território chinês.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube