Aposentadoria de Bruce Willis: relembre os seus filmes essenciais

·3 min de leitura
Bruce Willis em Duro de Matar, Pulp Fiction e Sexto Sentido: grandes momentos do cinema (Fotos: 20th Century Studios/Miramax/Walt Disney Studios Motion Pictures)
Bruce Willis em Duro de Matar, Pulp Fiction e Sexto Sentido: grandes momentos do cinema (Fotos: 20th Century Studios/Miramax/Walt Disney Studios Motion Pictures)

Resumo da notícia:

  • Bruce Willis se aposentou aos 67 anos após ser diagnosticado com afasia

  • Em sua carreira, ator participou de mais de 100 filmes, dos mais variados gêneros

  • Relembre as suas obras essenciais

Uma notícia abalou o mundo do entretenimento nesta quarta-feira (30): a família de Bruce Willis emitiu um comunicado anunciando que ele se aposentou da carreira de ator aos 67 anos, após ser diagnosticado com afasia, doença que afeta a comunicação e as habilidades cognitivas.

Trata-se de um triste ponto final para uma carreira exitosa e bastante diversa em Hollywood. Mesmo com a imagem relacionada aos filmes de ação, Willis trabalhou com grandes diretores e atuou em mais de 100 filmes.

Abaixo, relembramos as suas obras essenciais. A lista não abrange todos os sucessos, mas mostra como Bruce Willis entregou entretenimento, em suas mais variadas versões, a diferentes públicos do cinema.

A franquia Duro de Matar

O primeiro "Duro de Matar" (1988) é um filme de Natal? A discussão sempre volta à tona em dezembro - afinal, a história começa em uma festa de final de ano da firma, interrompida pela ação de um grupo terrorista. Coube a John McClane, personagem de Bruce Willis, iniciar salvar a noite e assim iniciar uma saga de ação irônica de grande sucesso, com elogios inclusive da crítica. Os filmes de ação nunca mais foram os mesmos depois de "Die Hard" - e nem os filmes natalinos.

"Pulp Fiction: Tempo de Violência" (1994)

Já um grande astro de Hollywood, Bruce Willis emprestou o seu charme para Butch Coolidge, um jovem boxeador que faz um acordo com a máfia para perder uma luta, mas não cumpre o acordo e precisa fugir para se manter vivo. No que talvez seja o melhor filme de Quentin Tarantino, o astro está engraçado como nunca.

"Os 12 Macacos" (1995)

Terry Gilliam criou algumas das distopias mais interessantes do cinema. A que mais representa o mundo nerd é este filme estrelado por Bruce Willis e Brad Pitt. O longa conta a história de um condenado em 2035 enviado para o passado para tentar conter a ação de um vírus que ameaça a humanidade. Alguma semelhança com a pandemia?

"Armageddon" (1998)

Quando pensamos em filmes de desastre, lembramos de Bruce Willis com uniforme laranja ao som de "I Don't Wanna Miss a Thing", do Aerosmith. No filme de Michael Bay, que ainda contou com Liv Tyler e Ben Affleck no início de carreira. o ator interpreta Harry S. Stamper, o famoso perfurador de petróleo escolhido para salvar o planeta em uma missão espacial.

"Sexto Sentido" (1999)

Bruce Willis interpreta um psicólogo infantil encarregado de investigar o caso de um garotinho que vê pessoas mortas ao seu redor. No clássico maior da carreira de M. Night Shyamalan, o astro mostra que sempre foi o mais versátil e completo ator dos filmes de ação, segurando a surpresa do roteiro com uma atuação muito segura.

"Corpo Fechado" (2000)

Bruce Willis também foi super-herói nos filmes de M. NIght Shyamalan. Na trilogia que começa em "Corpo Fechado", o ator interpreta David Dunn, o herói que descobre os crimes que pessoas cometeram ao tocar nelas. "Vidro", último filme da saga, marca de certa forma a despedida do astro das grandes produções de Hollywood.

"Moonrise Kingdom" (2012)

Ainda hoje muita gente não acredita que ele atuou em um filme de Wes Anderson. Mesmo sendo um ator bastante inquieto, o astro se encaixou perfeitamente no estilo mais rígido e fofinho do diretor estadunidense. Mesmo interpretando um policial como John McClane, Bruce Willis entrega uma das atuações mais ternas da carreira.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo: