Após show de enrolação e pieguice, Huck faz pergunta do milhão

·3 min de leitura
Luciano Huck faz a pergunta do milhão pela primeira vez no
Luciano Huck faz a pergunta do milhão pela primeira vez no "Quem quer ser um milionário?" (reprodução/@domingao/Twitter)

Resumo da notícia:

  • Após quatro anos, Luciano Huck fez a "pergunta do milhão" do "Quem Quer ser Um Milionário" pela primeira vez

  • Apesar da emoção do momento, público precisou lidar com pieguice e enrolação do apresentador

  • Quadro pode ser retirado do Domingão em 2022

Quatro anos após começar a apresentar o quadro no Caldeirão, Luciano Huck finalmente fez a "pergunta do milhão" do "Quem Quer Ser um Milionário", neste domingo (26), no Domingão, na TV Globo. O aguardado momento foi bastante comentado nas redes sociais, apesar de ter exigido uma paciência extra do público. Até chegar ao clímax do game show, o apresentador caprichou no discurso político e segurou a audiência na base da enrolação.

Quem pegou o programa desde o início já imaginava que o candidato Rafael Cunha, um professor e executivo em uma empresa de educação, iria longe no game. Foram 14 perguntas até a aguardada pergunta do milhão, todas elas respondidas com calma e com base nos mais diversos campos de conhecimento.

Porém, diferentemente do divertido Show do Milhão com Celso Portiolli, uma das grandes novidades da TV brasileira em 2021, Luciano Huck não deixa o game ganhar ritmo. Seguindo o seu estilo, o apresentador gosta de picotar o quadro com perguntas de cunho pessoal ou comentários sociais após cada prêmio obtido no jogo. Lamentavelmente, o padrão se repetiu neste domingo.

Com Rafael Cunha, Huck fez questão de frisar a "importância da educação" na sociedade a todo instante, reforçando insistentemente ao público como seria simbólico um professor ganhar o tão sonhado prêmio do milhão. Para quem acha que o Domingão com o Huck lembra muito o horário político, porém com um toque a mais de pieguice, foi mais uma comprovação da tese.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus e-mails em 1 só lugar

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Na pergunta do milhão, Rafael Cunha esbarrou, infelizmente, numa questão difícil: "A tecnologia da comunicação 'Bluetooth' tirou seu nome de: A - Um rio; B - Um rei; C - Um general; D - Um castelo". Sem saber que era o recurso era uma referência a um rei viking dinamarquês, o professor preferiu ficar só com os R$ 500 mil que tinha garantido.

A experiência, no final das contas, não foi de toda perdida - Rafael Cunha ganhou uma bela quantia em dinheiro e o público (eu incluso, admito) pôde aprender mais sobre Harald Gormsson, o Harald do Dente Azul (azul em inglês é "blue" e dente, "tooth" - vem daí o nome da função presente nos smartphones), responsável por unificar a Dinamarca e a Noruega. 

Apesar disso, o próprio Huck parece ter percebido que o quadro poderia ter rendido mais - em dinheiro e em entretenimento. "Nem sei se volta mais no Domingão. Meu sonho era fazer a pergunta do milhão, eu fiz a pergunta do milhão", disse o apresentador, antecipando a reformulação a que o Domingão será submetido em 2022. Caso o "Quem quer ser um milionário?" permaneça no dominical, pedimos apenas o básico: um jogo de perguntas e respostas.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos