Após rir de criança, MC Gui nega bullying: "Não foi minha intenção"

Foto: Reprodução/Instagram (@mcgui)

MC Gui ficou entre os assuntos mais comentados desta segunda-feira (21). O cantor, que está de férias na Disney, postou um vídeo em que aparece rindo de uma menina dentro de um trem a caminho do parque Magic Kingdom. Após a publicação, internautas o acusaram de praticar bullying contra a criança.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

No vídeo que rendeu a polêmica, o funkeiro aproxima a câmera de uma menina, que está a alguns metros dele no vagão, e diz: "Mano, olha isso... (risos)". A garota percebe que está sendo gravada e parece constrangida. Um dos amigos do cantor até pede para ele parar de filmar.

Leia também

Não demorou muito para famosos e anônimos usarem as redes sociais para criticar a atitude do artista. Após tamanha repercussão, MC Gui se pronunciou na madrugada desta terça-feira (22). Ele gravou um pedido de desculpas, disse que foi injustiçado e negou a prática do bullying.

“Sou apaixonado por Halloween, gosto de ir aos parques. E hoje foi um dia que decidi ir no Magic Kingdom para mais uma noite de Halloween. Encontrei uma família no trem que estava fantasiada. Eles estavam como personagens do filme ‘Monstros SA’. Achei aquilo incrível. Nunca tinha visto em outro lugar. E naquilo fiz um vídeo”, esclareceu.

Ainda segundo o artista, ninguém se incomodou com a gravação e a família até conversou com ele assim que desceu do transporte. “Em todo momento eles estavam da forma que mostrei no vídeo. Não foi algo que ficaram constrangidos. Depois que fiz o vídeo, eles desceram e conversamos, demos risada. Tirei foto com outras crianças também. Não pensei em fazer isso para atacar alguém ou fazer bullying”, explicou ele.

Antes de finalizar o esclarecimento, MC Gui falou que o público adolescente sempre foi forte em sua carreira e jamais faria algo para constranger uma criança. O cantor reiterou que tem afilhadas, primos, irmã, e é bem próximo da família, que o ensinou a ter respeito pelo próximo.

“Se ela (criança do vídeo) tivesse se sentindo constrangida, eu teria pedido desculpa na mesma hora. Estou aqui para pedir desculpa para as pessoas que interpretaram errado, da forma que os sites de fofoca e portais de notícia acabaram postando. Jamais foi minha intenção. Nunca, na minha vida, vou querer prejudicar alguém”, afirmou.