Após protesto, lei criminaliza quem filmar embaixo da saia de mulheres

Filmar embaixo da saia será crime no Reino Unido – Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Nada mais desagradável do que saber que os homens já filmaram as mulheres por debaixo de suas saias sem que elas saibam. Vítima da prática em um festival de música em 2017, a jovem Gina Martin começou uma campanha no Twitter para que a justiça do Reino Unido tomasse uma providência.

Receba novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais) no seu Whatsapp

O pedido foi finalmente atendido e Gina comemorou na rede social. A lei foi aprovada na Câmara de Londres e prevê dois anos de prisão para quem cometer o ato na Inglaterra e País de Gales. Falta apenas a aprovação real para que ela entre em vigor.

Leia também: Por que mulheres podem demorar para denunciar abusos?

O protesto contou com o apoio da primeira-ministra Theresa May, que afirmou estar desapontada com a lentidão do processo para criminalizar a prática, chamada de “upskirting”. “Sempre achei que a política era impenetrável, mas com a ajuda certa e força de vontade podemos fazer isso. Estou exausta e tão feliz”, comemorou Gina.

Países como Escócia, Estados Unidos, Austrália e Índia já possuem leis que condenam esse comportamento e o Reino Unido agora fará parte dessa lista. Ponto para as mulheres!