Após polêmica, MC Gui tem show cancelado

Foto: Reprodução/Instagram (@mcgui)

MC Gui já teve um show cancelado após publicar o vídeo no qual aparece rindo de uma criança na Disney. Uma escola de idiomas em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, usou as redes sociais para informar que o cantor não fará a apresentação programada para o dia 31 de outubro, dia em que acontecerá uma festa de Halloween na instituição.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

A empresa não citou o episódio, mas falou sobre valores e princípios na nota divulgada. "Reforçamos que ética e respeito fazem parte dos valores da nossa empresa e qualquer situação que vá contra nossos princípios em nenhuma hipótese é aceita”, diz o texto.

Leia também

Este não foi o único prejuízo de MC Gui após a polêmica na Disney. O funkeiro também arrumou problema com uma loja que vende produtos de sua marca. “Nós, da Black Nine, não compactuamos com qualquer tipo de preconceito, muito menos quando se trata de uma criança indefesa”, informa a empresa, que tem lojas em Rio das Ostras (RJ) e Campos dos Goytacazes (RJ).

Entenda o caso

MC Gui está de férias na Disney e postou um vídeo no qual aparece rindo de uma menina. Nas imagens, o funkeiro aproxima a câmera da criança, que está a alguns metros dele no vagão do trem, e diz: "Mano, olha isso... (risos)". A garota percebe que está sendo gravada e parece constrangida. Um dos amigos do cantor até pede para ele parar de filmar.

Não demorou muito para famosos e anônimos usarem as redes sociais para criticar a atitude do artista. Ele gravou um pedido de desculpas, disse que foi injustiçado e negou a prática do bullying nesta terça-feira (22).

“Sou apaixonado por Halloween, gosto de ir aos parques. E hoje foi um dia que decidi ir no Magic Kingdom para mais uma noite de Halloween. Encontrei uma família no trem que estava fantasiada. Eles estavam como personagens do filme ‘Monstros SA’. Achei aquilo incrível. Nunca tinha visto em outro lugar. E naquilo fiz um vídeo”, esclareceu.

Ainda segundo o artista, ninguém se incomodou com a gravação e a família até conversou com ele assim que desceu do transporte. “Em todo momento eles estavam da forma que mostrei no vídeo. Não foi algo que ficaram constrangidos. Depois que fiz o vídeo, eles desceram e conversamos, demos risada. Tirei foto com outras crianças também. Não pensei em fazer isso para atacar alguém ou fazer bullying”, explicou.