Após Paolla Oliveira, Scarlett Johansson é criticada por fotos de corpo 'real'

Scarlett Johansson arrives at the Los Angeles premiere of "Marriage Story" at the Directors Guild of America Theater on Tuesday, Nov. 5, 2019. (Photo by Chris Pizzello/Invision/AP)
Scarlett Johansson arrives at the Los Angeles premiere of "Marriage Story" at the Directors Guild of America Theater on Tuesday, Nov. 5, 2019. (Photo by Chris Pizzello/Invision/AP)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Assim como Paolla Oliveira, a atriz Scarlett Johansson, 35, foi alvo de comentários nesta quinta-feira (21) por conta de seu corpo.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Fotos da artista na praia vazaram na internet, e logo receberam comentários por conta da "barriga, bumbum e celulite".

Leia também

"Scarlett Johansson antes estava boa, agora tem barriga de cerveja, dá para ver como o feminismo está a destruindo", escreveu um homem no Twitter.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O nome da atriz chegou aos assuntos mais comentados da rede social, e muitos apontaram semelhanças com a polêmica envolvendo o corpo de Paolla Oliveira na última terça-feira (19). Em imagens gravadas para a novela "A Dona do Pedaço", a atriz aparece de maiô com Sérgio Guizé e foi criticada por ter "engordado" e "mostrar celulite".

"Pessoas que conseguem reclamar da aparência de Scarlett Johansson e de Paola Oliveira em que universo vivem?", zombou uma internauta após a enxurrada de críticas às duas atrizes.

"Homens criticando o corpo da Scarlett Johansson e da Paola Oliveira porque tem celulite?? Que tá acontecendo com os homens?", disse outra.

Em entrevista recente, Johansson lamentou ter sido "hiperssexualizada" no início de sua carreira. "Sinto que quando eu estava trabalhando aos meus 20 e poucos anos e até o final desses 20 anos, de alguma forma, fui estigmatizada. Eu era muito hiperssexualizada", disse a atriz em uma mesa redonda da revista norte-americana The Hollywood Reporter.

"Eu acho que na época parecia ok para todo mundo. Foi outro tempo", continuou. "E acho que funcionou na época, mas foi realmente difícil para mim tentar descobrir como deixar de ser uma ingênua, ou 'a outra mulher'".

*com informações da Folhapress

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos