Após longa busca por mãe biológica, rapaz recebe a melhor resposta quando a encontra

Reprodução/Reddit

Crescer com pais adotivos muitas vezes causa curiosidade e interesse na família biológica. Mesmo sabendo que seus verdadeiros pais são aqueles que criaram, muitos jovens tentam saber mais sobre sua identidade ao buscar a mãe que os entregou para adoção.

Leia mais: Pai que nunca soube do filho finalmente o conhece 50 anos após seu nascimento

Um deles é o jovem da Flórida Justin, que aos 26 anos encerrou finalmente a busca por sua mãe biológica. O jovem usou o Reddit para contar sua comovente história e deixou muitos usuários emocionados.

Em seu relato, ele conta que sua mãe adotiva sempre foi muito sincera sobre sua adoção. “Ela sempre fez questão que eu soubesse que sou adotado e eu cresci abraçando isso. Nunca senti um estigma negativo em ser adotado”, explica.

A mãe também nunca fez uma imagem ruim da mulher que o entregou. “Ela garantiu que eu soubesse que minha mãe biológica me amava, mas não tinha condições de bancar a vida de um bebê na época, então ela queria que eu tivesse as melhores oportunidades disponíveis”.

Durante anos ele demonstrou curiosidade em saber mais sobre a mãe de sangue, mas as únicas informações que possuía sobre ela era o nome (que por motivos de privacidade foi chamada por ele de Lisa Jones), e que seu avô era pastor.

Por ser um nome comum, a busca por Lisa foi longa e difícil e através das redes sociais, ele contatou a maioria das mulheres com esse nome. A pergunta era sempre a mesma: ‘você entregou um filho para adoção em 1992’? Assim como as respostas: ‘me desculpe, mas não’.

Foi sua mãe adotiva quem encontrou uma luz no fim do túnel ao ver um artigo que falava sobre um pastor que poderia ser seu avô. O homem havia morrido há 3 semanas e ao olhar seu obituário, Justin descobriu que ele tinha um filha chamada Lisa Jones. A coincidência era enorme e após uma vasta busca no Facebook, ele finalmente encontrou a mãe.

“Eu olhei suas fotos e imediatamente vi meus traços em seu rosto e chorei. Mandei mensagem para ela na hora. Demorou um tempo para ela responder porque o Facebook é estranho quando você não tem a pessoa em sua lista de amigos. Mandei a mensagem que havia mandado tantas vezes para tantas pessoas e era ela!”, relembra.

A reação de Lisa foi de choque e ela demonstrou muita alegria em finalmente reencontrar o filho que havia abandonado. Após muitas trocas de mensagens, Justin descobriu que seus pais biológicos não só continuam juntos, como também possuí duas irmãs, uma de 16 e outra de 19 anos.

Reprodução/Reddit

Como moram a apenas uma hora de distância, eles resolveram combinar um encontro, que foi marcado por muita emoção. “Depois de abraçar minha mãe por cerca de dois minutos e chorar muito, abracei todos os outros. Senti felicidade e euforia e depois de muito choro e abraços, sentamos e conversamos por horas e horas”.

Leia mais: Casal adota criança através do Instagram

Desde então, ele continua se encontrando diversas vezes com a família biológica e agora não contém a alegria em ter duas famílias. “Toda vez é ainda melhor que a última e toda essa situação tem sido como um terremoto em minhas duas famílias. Muito obrigado por separar seu tempo para ler a história da minha vida”, finaliza.