Após perder a fala, Patrícia Poeta mostra sessões de fono e relembra cirurgia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Patrícia Poeta no 'Encontro' (Reprodução Globoplay)
Patrícia Poeta no 'Encontro' (Reprodução Globoplay)

A jornalista Patrícia Poeta continua se recuperando de uma grave infecção nas amígdalas, e mostrou os detalhes de suas sessões de fonoaudiologia para tentar recuperar o domínio da fala após a cirurgia de emergência. 

"Evoluindo dia após dia… O registro aí de cima é de uma das várias sessões de fono que tenho feito nesse período com ela, @lenykyrillos, minha primeira fonoaudióloga, desde os tempos de Jornalismo em SP, há 21 anos. Porque como costumo dizer: “ Não deixa a peteca cair!!” No início da pandemia, nas nossas lives de ginástica, falava sempre essa frase pra vocês aqui, seguidores. Lembram? Pois nunca imaginei que fosse repeti-la tantas vezes, durante o dia, pra mim mesma…", desabafou.

Leia também:

Patrícia precisou ser internada e operada às pressas após uma inflamação nas amígdalas evoluir de forma impressionante e agressiva. Em poucas horas, a jornalista afirmou que ficou com o rosto desfigurado, e precisou ser encaminhada para a cirurgia por correr risco de vida. No pós-operatório, Patrícia desabafou que precisou reaprender processos básicos do cotidiano, como engolir, falar e comer. 

“Pra enfrentar a dor ao engolir a própria saliva; pra tentar e não conseguir abrir a boca pra falar, comer, etc… Paciência pra reaprender certas coisas, respeitando o tempo do próprio corpo - e ainda bem abalada psicologicamente com os últimos acontecimentos intensos”, avaliou ela após o procedimento.

Poeta também agradeceu o carinho do público durante o susto médico, e explicou que já se sente mais forte para pensar no futuro. “Jamais vou esquecer o carinho de todos vocês, assim como a ajuda que recebi de todos os profissionais de saúde que me atenderam - gente competente e que está ali pra se doar ao outro. Que a gente siga enfrentando e se fortalecendo com os obstáculos que vão aparecendo pela frente - e sem nunca deixar de valorizar essa grande oportunidade que é ‘viver’”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos