Após dar à luz, personal trainer revela os piores erros das novas mães ao se exercitarem

Reprodução/Instagram @fashionablefitmum

Toda mulher sabe a cobrança que sente em relação ao corpo pós-gravidez. Muitas querem as formas antigas de volta e acabam investindo em dietas e exercícios que, muitas vezes, podem ser prejudiciais ao invés de ajudar.

Foi pensando nisso que a personal Brittany Noonan resolveu alertar as novas mamães com uma lista de erros frequentes que elas cometem após dar à luz. Ela começa falando sobre a pressa que algumas mulheres têm em correr para academia. “Dê tempo ao seu corpo para que ele se cure e proteja-se fazendo o check up após seis semanas antes de começar a se exercitar”, indica. “Eu recomendo ouvir seu corpo e ficar ciente de como ele se sente – pode demorar muito mais do que seis semanas para que esteja pronto para os exercícios”.

Segundo Brittany, voltar para a academia cedo demais causará tanta tensão muscular que as novas mães não conseguirão fazer coisas simples, como sentar-se ao ir ao banheiro ou agachar para pegar o bebê. Em outras palavras, se exercitar só vai dificultar o processo de recuperação.

Reprodução/Instagram @fashionablefitmum

Mãe de uma menina, a personal voltou a realizar suas atividades após 10 semanas de sua cesariana e antes de encarar a academia, ela fazia exercícios pélvicos e caminhadas com a filha no carrinho de bebê.

Outro grande erro das novas mães é comprar seus corpos aos de outras mulheres. “Não fique no Instagram e não se compare com as ‘mães fit’, que possuem muito mais tempo e dinheiro, além de maior conhecimento sobre fitness”.

O indicado é fazer uma consulta completa antes de malhar. “A melhor coisa que você pode fazer antes de voltar a se exercitar é ver um fisioterapeuta e testar a força de seu pavimento pélvico, verificar sua separação abdominal e também fazer um check up geral de suas articulações – especialmente aquelas em torno da pélvis e parte inferior das costas”.

Reprodução/Instagram @fashionablefitmum

Britanny também indica a contratação de um personal especialista em treinos pós-parto. “Esse pequeno investimento financeiro irá garantir um retorno seguro aos treinos”. Outro conselho é que certas rotinas sejam evitadas, como abdominais e flexões, por seis meses após o nascimento do bebê.

Para finalizar, ela reforça que novas mamães não devem colocar tanta pressão em si mesmas para “voltar ao normal”. Segundo ela, é comum não se sentir capaz de fazer as coisas que fazia antes, mas que é só uma questão de tempo. “Quando se trata de treino pós-parto, o lento e estável ganham, definitivamente, a corrida para saúde a longo prazo”.

Reprodução/Instagram @fashionablefitmum