Após briga com Mion, internautas apontam "inveja" de Roberto Justus

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
Foto: Reprodução/Record
Foto: Reprodução/Record

Após vazar um áudio de uma briga de Roberto Justus e Marcos Mion por causa da pandemia do novo coronavírus, internautas especularam sobre uma possível “inveja” que o empresário de 64 anos deve sentir de Marcos Mion.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Roberto Justus apresentou o reality ‘A Fazenda’ entre 2015 e 2018 na Record e foi substituído por Mion na edição de 2019. Fã do formato, o apresentador mais jovem trouxe uma “cara nova” para o programa, recebeu elogios da imprensa e aumentou a audiência (o programa chegou a vencer a Globo em determinados episódios). Para muitos, esse teria sido o motivo que levou Justus a mandar um áudio no qual assume um tom muito irritado com Mion.

Leia também:

Os dois discutiram no WhatsApp após o atual apresentador da ‘Fazenda’ compartilhar o vídeo de um doutor em microbiologia da USP explicando uma projeção sobre o número de mortos por coronavírus no Brasil caso a população não siga as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Justus não concordou com a teoria e gravou um áudio em que se mostrou bem irritado. “Sem querer te ofender, pelo amor de Deus, respeito seus pensamentos, mas você está totalmente errado”, disse o empresário, após afirmar que Mion “não entende nada de estatísticas”.

“(O isolamento) Vai custar muito caro. Você está preocupado com os pobres? Você vai ver a vida devastada da humanidade na hora do colapso econômico, da recessão mundial, dos pobres não ter o que comer, das empresas fecharem, do desemprego em massa, não dá pra comparar com um vírusinho, que é uma gripezinha leve para 90% das pessoas”, disparou o ex-marido de Ticiane Pinheiro.

Nas redes sociais, o público criticou a maneira como Roberto Justus falou sobre a pandemia e muitos chamaram de “dor de cotovelo” sua revolta com Marcos Mion.