Após ameaças de morte, Luisa Sonza fala sobre Whindersson: "Não quero que ele sofra"

·3 minuto de leitura
Luisa Sonza
Luisa Sonza

Resumo da notícia

  • Luisa Sonza falou pela primeira vez após ser afastada por sua equipe das redes sociais

  • A cantora lamentou as ameaças de morte que recebeu após a morte do filho de seu ex-marido, Whindersson Nunes

  • Luisa afirmou que está cuidando da saúde mental, e que nunca quis ser alvo de nenhum comentário

Após ser afastada das redes sociais por sua equipe, Luísa Sonza deu uma entrevista para a Elle falando pela primeira vez sobre as ameaças de morte e ataques de ódio que recebeu nas redes sociais.

A cantora já vinha sofrendo ataques desde o fim de seu casamento com Whindersson Nunes, em abril de 2020, mas a situação ficou insuportável após a morte do bebê recém-nascido de Whindersson e Maria Lina. Seguidores culparam Luísa pela tragédia, e a cantora teve uma crise de choro mostrada por uma série de stories.

Leia também

"Não quero ser atacada na rua, não quero ver meu caráter sendo reduzido a nada, não quero que minha família sofra diariamente, não quero que meu namorado sofra sem ter culpa nenhuma, não quero que meu ex-marido sofra com isso também", desabafou Luísa.

A artista explicou que achava que os ataques que recebeu após o fim do casamento diminuiriam com o tempo, mas que nunca conseguiu ficar em paz e a súbita onda de ódio acabou com sua saúde mental. "Achava que ia melhorar assim, mas aconteceu o contrário. Só piorou. E eu nunca falava que não tinha sido eu que iniciou o término do meu antigo relacionamento. Nunca quis expor a minha vida pessoal. Eu só queria trabalhar, fazer música, ter a liberdade de cantar, de amar uma pessoa que é tão incrível e não fazer com que ela tenha que pagar um preço que não é dela", explicou ela sobre o namorado, Vitão.

Luísa afirmou que não pretende retornar para as redes sociais, e que vai priorizar o cuidado com sua saúde mental. "Em um primeiro momento, fui afastada das redes sociais mesmo, porque estava em crise. E agora excluí todas elas do meu celular. A minha equipe é que fica olhando e me mandando várias mensagens carinhosas. Agora não estou com cabeça para lidar com a internet novamente".

Hate e ameaças de morte

Luísa Sonza infelizmente voltou a ser alvo de ataques pelas redes sociais. A onda de chorume começou após ser revelado que João Miguel, filho de Whindersson Nunes e Maria Lina, não resistiu após o parto prematuro.

A equipe responsável pela carreira de Sonza achou por bem afastá-la das redes sociais para preservar sua saúde mental. A cantora chegou a receber fotos de armas nas mensagens diretas do Instagram.

“Tu é o próprio satanás na terra. Quem vai ser a próxima a morrer vai ser tu, beijo”, escreveu um hater. “Assassina. Atrás de mídia. Prejudicou o filho do Whindersson. Está feliz agora?”, atacou outro. Em outra mensagem exposta pelo colunista, diz: “Seus fãs e você tinham que morrer. Vou desejar a morte de todos vocês, como fizeram pro Whindersson.”

Vitão, namorado de Luísa, chegou a usar as redes sociais para defende-la e lamentar a perda do casal Nunes e Lina. “Fiquei muito comovido e mexido hoje de manhã, quando eu vi a notícia do filho do Whindersson e da esposa dele, eu tenho muita vontade de ser pai um dia, e eu nem imagino como deve ser a dor de um pai e uma mãe perder um filho, logo assim, nas primeiras horas de vida. Quando eu vejo as pessoas mais uma vez atacando a Luísa na internet...”, disse o cantor interrompendo a continuação do vídeo que não está mais disponível.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos