Após sucesso em 'O Último Dragão', brasileiro Rodrigo Massa sonha com Hollywood

MARIANA ARRUDAS
·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Aos 34 anos, Rodrigo Massa já tem uma daquelas trajetórias inspiradoras. Hoje ator e cantor, ele tinha apenas 20 anos quando desistiu da faculdade de letras na USP e se mudou para o México, na intenção de se tornar um artista famoso e reconhecido internacionalmente. Passados 14 anos, ele acumula participações em séries, novelas e até realities. Para os brasileiros, seu trabalho mais conhecido é "El Dragón - O Último Dragão" (2019), uma telenovela de ação, exibida originalmente pela Televisa e Univision, mas que também está disponível na Netflix. Sua segunda temporada esteve no Top 10 das produções mais assistidas do streaming, chegando a alcançar o primeiro lugar no Brasil. Segundo Rodrigo, foi durante esse trabalho que ele finalmente atingiu o sentimento de ter realizado o seu sonho. "Quando eu assistia filmes de ação ainda criança sonhava com isso, um sonho bem distante. Não pensava que um dia eu ia chegar lá e eu cheguei", falou em entrevista pelo telefone ao F5 sobre o que sentia nas gravações. Para seguir esse sonho, Rodrigo, que é de São Bernardo do Campo, na Grande SP, deixou para trás a faculdade e o trabalho que tinha em duas escolas de idiomas. Comprou uma passagem para o México, onde também começou como professor, mas já focado em seu sonho. "Pensei que se estivesse fazendo aquilo em 40 anos, eu não seria feliz", contou. Em poucos meses, Rodrigo estava fazendo propagandas publicitárias e logo se viu dedicado integralmente à vida de artista. "Foi tudo rápido e deu muito certo", disse ele, que esteve em produções como "Like - A Lenda", onde seu personagem foi considerado o alívio cômico da edição, e "La Piloto", em que faz um agente secreto americano. "Essa série abriu um novo mundo para mim", diz. Ele também chegou a arriscar como apresentador na versão mexicana de The Voice México, intitulado La Voz. Curiosamente, o reality também teve Anitta, 27, como uma das juradas em 2018. "Foi o segundo programa que eu fiz na Televisa e ele tem uma audiência gigante", disse o ator, que credita seu sucesso na atração ao carinho e improviso que, segundo ele, só os brasileiros têm. Quanto à carreira de cantor, já são dois álbuns lançado: "Único", de 2011 e "La Fiesta", lançado em 2020 durante a pandemia. Na música "Acabo de Soñar Contigo", Rodrigo conta sua própria história, tendo escrito a letra assim que percebeu ter realizado seu sonho. "A primeira frase que eu escrevi foi 'não tem mais jeito de te esquecer' e foi daí que eu parti para escrever a música", disse. O brasileiro, que aparece aos beijos com outro homem nos clipes de "Acabo de Soñar Contigo" e "La Fiesta", afirma que o México é um país conservador, destacando que sua música fez mais sucesso no Brasil do que no país em que estava. Para ele, esse sucesso foi orgânico, sem ter grande divulgação de sua parte. Quanto a projetos futuros, o artista tem em mente Hollywood. Rodrigo se mudou para o Canadá há um ano e meio, onde passou a pandemia. Já fez participações na série "The Flash" (2014) e em "Resident Alien" (2021). "Quero agora investir nessa nova etapa, continuar lutando para conquistar o meu lugar nesse mundo", completou. Apesar de ter passado a maior parte da pandemia no Canadá, Rodrigo diz que mesmo de longe sempre acompanha o Brasil e diz estar decepcionado com a conduta do governo frente ao coronavírus. "Moramos num país tão lindo, tenho tanto orgulho de ser brasileiro, e eu acho que o povo brasileiro é o melhor do mundo. Infelizmente é uma coisa que não se reflete na área política", refletiu o artista. Por fim, Rodrigo convidou a todos para conhecer seu trabalho no YouTube e assistir suas produções. O artista ambicioso e cheio de talento quer que seu nome seja conhecido pelo Brasil e que ele possa voltar às turnês e novas produções, para continuar fazendo o que ele mais gosta: estar no palco levando alegria para os seus fãs.