Após morte de Marília Mendonça, Alok questiona ritmo de carreira: "Descolado da realidade"

Em seu Twitter, Alok fez um longo desabafo sobre a ansiedade que tem sentido após a morte da amiga Marília Mendonça. O DJ explicou que a tragédia o fez repensar o ritmo frenético de sua carreira, e que é essencial que ele tome cuidado com a saúde e com seus gatilhos se quiser continuar tendo um bom relacionamento com a arte.

"Desde a partida precoce da Marília Mendonça entrei em um processo de muitos questionamentos com profunda tristeza e momentos de pânico. O mundo está muito veloz e não há tempo. Nem mesmo para o luto. Estava me sentindo descolado da realidade, nunca tinha passado por isso. Mesmo assim consegui levar alegria aos shows, mas não consigo mais não compartilhar o que sinto", desabafou.

Leia também:

Alok explicou que entrou também em um processo de perdoar algumas pessoas de sua vida. "Estou perdoando muitas pessoas que me fizeram mal, e também quero pedir perdão se algum dia fiz mal a alguém, mesmo que sem intenção. E quando perdoo, liberto o prisioneiro, que no caso sou eu".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.