Após Faustão, programa Encontro é transmitido sem plateia pela primeira vez em oito anos

*ARQUIVO* A apresentadora Fátima Bernardes, do programa Encontro. (Foto: Luciana Whitaker/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O programa Encontro, apresentado por Fátima Bernardes, também foi ao ar nesta segunda-feira (16) sem ninguém na plateia. Essa é a primeira vez que isso acontece em oito anos de programa, como lembrou a própria apresentadora na abertura da atração.

Fátima afirmou que a medida acontece por conta do risco de transmissão do novo coronavírus, que na semana passada, já tinha levado o programa a reduzir sua plateia em 50%. A lotação, que é de 120 pessoas, ficou em apenas 60 na sexta (13), com maior espaço entre todos.

No domingo (15), o Domingão do Faustão também ficou sem plateia por conta da doença: "Esse Domingão de 15 de março de 2020 é o primeiro de sua história, em quase 31 anos na Globo, de um programa de auditório, que terá o seu auditório vazio. O coronavírus é o responsável por isso", explicou o apresentador.

A Globo já afirmou, nesta segunda, que realizará uma reunião com seus executivos para definir como ficará a grade da emissora diante das ações de prevenção contra o coronavírus. As novelas podem ter novas alterações, após a suspensão das gravações de "Amor de Mãe".

"Os executivos passaram o fim de semana acompanhando a situação e avaliando vários cenários. Haverá uma reunião hoje reunindo a programação do canal Globo, o jornalismo e os estúdios para novas decisões relacionadas à grade", afirmou a emissora em nota.