Após ex-goleiro Bruno ter fugido com dinheiro da vaquinha online, filho processa o pai por morte de Eliza Samudio. Detalhes!

Reprodução, Instagram
Reprodução, Instagram

Bruninho, filho de Eliza Samudio e Bruno Fernandes, processou o ex-goleiro pelo assassinato da mãe, há 12 anos. O menino exige pensão até os 25 anos e indenização por danos morais, totalizando cerca de R$ 6 milhões. Vale lembrar que, recentemente, Bruno abriu uma vaquinha nas redes sociais para pagar a pensão alimentícia do filho, porém nunca repassou o dinheiro arrecadado.

Por ser menor de idade, 12 anos, Bruninho está sendo representado pela avó, Sônia Moura. Bruno está com um pedido de prisão executado pelo não pagamento da pensão alimentícia do filho. A Justiça determinou que ele deveria pagar R$ 90 mil ao menino. Para isso, o ex-goleiro fez uma vaquinha virtual, porém não repassou os R$ 20 mil arrecadados à criança e fugiu com o dinheiro.

Em sua defesa, Bruno pediu tutela antecipada para impedir penhoras de bens e disse que o valor pedido pelo filho é maior do que o que pode pagar. Ele também quis reduzir o valor da dívida da pensão de R$ 90 mil para R$ 30 mil.

+ Bruno Krupp é preso em hospital por morte de adolescente de 16 anos.

Vaquinha de goleiro Bruno arrecada bolada em primeiro dia

Em agosto, Ingrid Calheiros, esposa do goleiro Bruno, fez uma vaquinha nas redes sociais para ajudar o marido. A ideia era arrecadar R$ 90 mil para pagar a pensão de Bruninho e evitar que o jogador fosse preso novamente.

+...

Veja mais


Veja também

Mulher do goleiro Bruno revolta web com vaquinha para assassino de Eliza Samúdio pagar pensão do filho
André Gonçalves, após noite preso, afirma não ter dinheiro para pagar dívida de pensão de R$ 350 mil
Fabricio Marques expõe críticas após morte do pai e rebate: 'Ninguém sabe a dor que eu estou sentindo'