Após desligamento da Record, Igor Rickli se posiciona sobre fala homofóbica de Edir Macedo e acusa bispo; veja

Ator foi contratado da emissora, que pertence ao evangélico, por sete anos

Igor Rickli criticou fala homofóbica de Edir Macedo - Divulgação, Facebook / Bispo Edir Macedo / Agnews
Igor Rickli criticou fala homofóbica de Edir Macedo - Divulgação, Facebook / Bispo Edir Macedo / Agnews

Igor Rickli criticou os ataques preconceituosos de Edir Macedo à comunidade LGBTQIAP+, da qual o ator faz parte. Uma semana após ter anunciado sua saída da Record TV, o intérprete de Lúcifer, da novela "Gênesis" (2021), compartilhou em seu perfil no Instagram uma fala homofóbica do bispo e o acusou de praticar "extorsão da fé".

"Num mundo onde homossexualidade é crime e imperfeição. Obviamente a extorsão da fé será uma virtude", escreveu o marido de Aline Wirley. O casal é pai de Antônio, de 8 anos.

A postagem foi comentada por Carmo Dalla Vecchia, o Alfredo de "Cara e Coragem", da Globo, escreveu: "Eu já nasci uma bixona. Devo estar condenado mesmo". O artista é casado com o autor de novelas João Emanuel Carneiro.

O que disse Edir Macedo?

Dono da Record e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo pregou homofobia na véspera de Natal, durante culto transmitido pela TV. O bispo lia uma passagem bíblica sobre a importância da união familiar quando abordou a questão dos pecados do mundo.

"Você não nasceu mau. Ninguém nasce mau. Ninguém nasce ladrão, ninguém nasce bandido, ninguém nasce homossexual ou lésbica. Ninguém nasce mau, todo mundo nasce perfeito com a sua inocência, porém o mundo faz das pessoas aquilo que elas são quando elas aderem ao mundo", falou.

Veja mais

Réveillon 2023 com unhas decoradas! Mais de 15 versões criativas, românticas e marcantes com branco
Igor Rickli sofre duras críticas após repudiar falas homofóbicas de Edir Macedo: 'Decepção'
Jade Picon prova que repete roupa, sim, e é flagrada com o mesmo biquíni fio-dental pela 3ª vez. Veja fotos da atriz na praia!