Após 40 anos, ABBA está prestes a retornar ao top 10 britânico

·1 minuto de leitura
ABBADepois de 40 anos de ausência, a banda cult sueca ABBA está de volta às paradas britânicas de singles: de acordo com os números preliminares de vendas publicados no domingo, as duas novas músicas da banda, lançadas há poucos dias, ficaram entre a sexta e a sétima colocação (AFP/Adrian DENNIS)

O icônico grupo pop sueco ABBA está a um passo de retornar ao top 10 no Reino Unido pela primeira vez em 40 anos, com duas novas canções de seu próximo álbum "Voyage".

As canções "I Still Have Faith in You" e "Don't Shut Me Down" ficaram em sexto e sétimo lugar, respectivamente, na lista dos 10 maiores sucessos, de acordo com estimativas divulgadas no domingo (5), com base nas primeiras vendas e downloads. A lista oficial será publicada na sexta-feira.

"Se o entusiasmo continuar, esses singles serão os primeiros do ABBA a se classificarem para o Top 10 do Reino Unido desde 'One Of Us' em dezembro de 1981", observou o órgão de classificação.

"I Still Have Faith in You" está vendendo bem em CD e vinil, enquanto "Don't Shut Me Down" é a música mais baixada do Reino Unido até agora esta semana, disse a agência neste domingo.

As duas músicas fazem parte de "Voyage", o primeiro álbum do ABBA desde "The Visitors" em 1981. Seu lançamento, marcando o retorno da banda que se separou em 1982, foi anunciado em evento em Londres nesta quinta-feira, para alegria de diversos fãs ao redor do mundo.

Os quatro membros do ABBA - um acrônimo para os primeiros nomes de seus membros - são agora todos septuagenários: Anni-Frid Lyngstad (75), Agnetha Fältskog (71), Björn Ulvaeus (76) e Benny Andersson (74).

"Voyage", que contará com 10 títulos, estará à venda em 5 de novembro. O grupo também planeja fazer um show de holograma, cujos ingressos começarão a ser vendidos na terça-feira.

pau/abx/meb/pc/gf/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos