Após 12 anos de casa, Bruna Linzmeyer não é mais funcionária da Globo

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP - A atriz Bruna Linzmeyer. (Foto: Zé Carlos Barretta/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP - A atriz Bruna Linzmeyer. (Foto: Zé Carlos Barretta/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Depois de 12 anos de casa, Bruna Linzmeyer, 30, não é mais funcionária da Globo. A atriz, que interpretou Madeleine na primeira fase de "Pantanal" (2022), usou as redes sociais para anunciar o fim do seu vínculo com a empresa. No texto, a atriz agradeceu as oportunidades e o reconhecimento que sempre teve na emissora e ainda revelou que não pensava em ser atriz quando mais jovem.

"Nunca sonhei ser atriz, mas sonhei absolutamente tudo que esse ofício me traz. Mal sabia eu o imenso brilho no coração que ser artista me traria, quantos mundos conheceria, quanta gente", desabafou Linzmeyer no início da publicação. "Sempre vou me sentir em casa nessa empresa. Já, já, estarei nervosa, caracterizada e prestes a entrar naqueles estúdios de novo. Olho pro futuro, animada com o que virá e muito muito grata pela história que me trouxe até aqui. Uma história que segue sendo escrita", completou.

Desde 2017, a Globo passa por uma nova política de reestruturação e uma das medidas é acabar com os contratos fixos longos para enxugar a folha de pagamento e evitar que atores recebam salários sem estar trabalhando. Dessa forma, os artistas passaram a atuar com vínculo por obra certa ou contrato de, no máximo, dois anos de duração. De acordo a colunista, Patrícia Kogut, a emissora chegou a propor mais dois anos de contrato, mas Bruna Linzmeyer não aceitou.

Nos últimos meses, a Globo também optou por não renovar o contrato de artistas como Marieta Severo, Osmar Prado, Marjorie Estiano, Isis Valverde, Rodrigo Simas, Antonio Fagundes, Alice Wegmann, Juliana Paes, Otávio Müller e Jayme Matarazzo.