Aos 97 anos, morre a “Grande Dama do Samba”, Dona Ivone Lara

Foto: Divulgação

Na noite dessa segunda-feira (16.04), morreu a cantora Dona Ivone Lara, no Rio de Janeiro. Internada desde sexta-feira (13.04), data em que completou 97 anos, no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) da Coordenação de Emergência Regional (CER), no Leblon, na Zona Sul da cidade, Ivone sofreu faleceu devido a um quadro de insuficiência cardiorrespiratória.

O estado de saúde da cantora já era grave e há um tempo atrás ela já havia sofrido de uma severa anemia. Em comentários ao G1, a família comentou sobre a morte do ícone. “Ela estava sempre procurando um caderninho pra escrever uma música, estava sempre cantarolando pro neto. Até a última semana ela estava super bem, com a cabeça ótima. Ela estava muito fraquinha, mas a cabeça estava ótima”, contou a nora Eliana Lara Martins da Costa. “Vai deixar muita saudade, mas sinto muito orgulho do legado que ela deixa”, desabafou o filho, Alfredo Lara da Costa.

O corpo de Ivone será velado nesta terça-feira (17.04) na quadra da escola de samba Império Serrano