Aos 14 anos, Maria Clara Pavanelli faz preenchimento labial: existe idade certa para começar?

·2 minuto de leitura

A influenciadora Maria Clara Pavanelli, irmã de Flavia Pavanelli, chamou a atenção nas redes sociais com o preenchimento labial que fez. O procedimento não é novo, mas a controvérsia tem a ver com a idade da adolescente, que tem apenas 14 anos.

Com um milhão de seguidores, o bocão bem diferente levantou o debate: Quando começar a fazer esse tipo de procedimento?

Leia também:

Não há uma idade certa para começar. A professora Daniela Camanho, sócia do Instituto Andrea Tedesco, que é referência em harmonização facial, esclarece que é necessária a autorização dos responsáveis para que esse tipo de procedimento seja feito em menores de idade.

“Quanto ao aspecto técnico, o procedimento pode ser feito. Não é algo permanente, ou seja, dura em torno de 12 meses. Nesse caso, restam dúvidas quanto à maturidade psicológica para real indicação”, pondera ela, que, acredita que, de acordo com critérios técnicos, o procedimento está bem feito.

A questão, no entanto, vai além da técnica e do bom resultado. “É inegável que a sociedade tem imposto padrões de beleza. Isso se torna ainda mais opressivo para os jovens, que vivem uma explosão hormonal e mudanças mais drásticas no corpo. A meu ver, se a insatisfação com a autoimagem é frequente, é preciso uma avaliação conjunta com um psicólogo.", afirma Daniela.

Aparência madura

A dermatologista Fernanda Porphirio, da clínica Vanité, em São Paulo, ressalta, ainda, que, aos 14 anos, o rosto ainda guarda traços infantis.

Maria Clara antes do procedimento
Maria Clara antes do procedimento

“As mudanças ainda vão acontecer no nosso rosto. Em geral, com essa idade, a gente ainda tem o rosto mais arredondado. Com o passar do tempo, a gente vai perdendo um pouco de gordura em determinados locais e nosso rosto vai ficando menos arredondado, a bochecha vai ficando menos proeminente, então vão acontecendo algumas alterações já pelo próprio processo de amadurecimento dessa pessoa”, diz ela.

Mas, para Fernanda, a questão é mais profunda.

“Na minha concepção, é sim muito cedo pra fazer esse tipo de preenchimento. Não tem uma idade correta pra começar, mas é preciso muita cautela. Porque hoje em dia, cada vez mais, esses pacientes jovens, adolescentes, até mesmo pré-adolescentes, estão expostos a uma cultura da perfeição, porque eles cresceram nesse mundo virtual, onde usar filtro é muito comum, e isso distorce a realidade”, diz ela, que acredita que fenômeno tem que ser muito conversado.

“Precisa sim da presença dos pais quando o paciente é menor de idade. Precisa ter um acompanhamento, principalmente em relação à parte psicológica para ver se não tem nenhuma alteração de imagem”, diz ela que, profissionalmente, prefere não fazer interferências estéticas em pacientes tão jovens.

“Na verdade, ela tinha um lábio supernormal, e que agora ficou totalmente projetado, sensualizado, e, na minha opinião, fica fora faixa etária dela, e dá um peso para o rosto fazendo com que ela pareça mais velha. Será que uma paciente de 14 anos já precisa ter um lábio tão volumoso?”, questiona.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos