Ao completar 117 anos, mulher amplia recorde de pessoa mais velha do mundo

Agência


Kane Tanaka ampliou seu recorde de pessoa mais velha do mundo ao comemorar 117 anos de idade em um lar de idosos em Fukuoka, no sul do Japão.

O aniversário foi no dia 2 de janeiro, mas a festa foi realizada neste domingo, 5, juntamente com funcionários e amigos da casa de repouso.

Ela mordeu uma fatia de um grande bolo e disse, com um sorriso: "saborosa". "Eu quero mais", prosseguiu. As imagens da comemoração foram mostradas na televisão pela emissora local TVQ Kyushu.

Kane foi confirmada em março do ano passado como a pessoa viva mais velha do mundo. Na época, ela tinha 116 anos e 66 dias, segundo o livro Guinness World Records. O recorde anterior pertencia a outra japonesa, Chiyo Miyako, que morreu em julho de 2018 aos 117 anos.

VEJA TAMBÉM: Os recordes mais bizarros do mundo


A idade recorde de Tanaka é simbólica da população de rápido crescimento do Japão que, juntamente com a queda na taxa de natalidade, está levantando preocupações sobre a escassez de mão-de-obra e as perspectivas de crescimento econômico futuro.

O número de bebês nascidos no Japão caiu cerca de 5,9% no ano passado, para menos de 900 mil pela primeira vez desde que o governo começou a compilar dados em 1899, segundo o Ministério do Bem-Estar do Japão.

Kane, que tem o hábito de acordar às 6h, nasceu prematuramente em 1903 e casou-se com Hideo Tanaka em 1922. O casal teve quatro filhos e adotou um quinto.