Antonia Fontenelle critica Whindersson e Felipe Neto: "Lacradores de merda"

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
Foto: Reprodução/Instagram/@whinderssonnunes/@ladyfontelle/@felipeneto
Foto: Reprodução/Instagram/@whinderssonnunes/@ladyfontelle/@felipeneto

Whindersson Nunes e Felipe Neto ofereceram assistência psicológica para a menina de 10 anos que engravidou após ser estuprada pelo tio. Antônia Fontenelle, porém, usou as redes sociais para criticar a iniciativa dos youtubers. Segundo ela, os dois querem se promover usando a situação.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

“Coisa nojenta é ver youtubers/influencers de grande alcance oferecer de tudo pra criança. É escola, psicólogo.... Ela só precisa de paz, amor e proteção. Abominável ver essa gente usando sua voz pra se promover sempre que acontece uma desgraça de grande dimensão. Por que não usam suas vozes pra pedir que a justiça puna esse assassino, pedófilo, estuprador?”, questionou a atriz.

Leia também

Fontenelle acredita que Whindersson e Felipe Neto deveriam contratar advogados com o objetivo de prender o estuprador, que está foragido, em vez de pagar psicólogo para a vítima. Além de um post no feed, a loira falou sobre o assunto nos Stories do Instagram.

“Lacradores de merda! Que tal pagar o melhor advogado criminalista para condenar esse estuprador, monstro, pedófilo e dar exemplo aos demais?”, escreveu, compartilhando fotos dos youtubers.

Whindersson e Felipe Neto se comoveram com a história da menina que foi abusada desde os 6 anos de idade. A situação ganhou espaço na mídia depois que um grupo de religiosos protestou contra o aborto em frente ao hospital onde o procedimento foi executado na noite deste domingo (16).