Antes de Rihanna: 5 momentos históricos de divas pop no Super Bowl

Madonna no Super Bowl 2012 e Beyoncé na edição de 2016. Foto: REUTERS/Jim Young/Lucy Nicholson
Madonna no Super Bowl 2012 e Beyoncé na edição de 2016. Foto: REUTERS/Jim Young/Lucy Nicholson

Resumo da notícia:

  • Super Bowl é marcado por grandes performances de artistas pop femininas

  • Show de intervalo do evento esportivo contará com Rihanna em 2023

  • Reunimos cinco momentos históricos de cantoras na final da NFL

O mundo do pop ficou extremamente impactado com o anúncio da mais nova atração do show de intervalo do Super Bowl no último domingo (25). Após anos de hiato na carreira musical, Rihanna subirá ao palco da final da NFL de 2023 para se juntar ao time de grandes artistas que já se apresentaram no evento esportivo.

Antes da artista ser divulgada como o nome principal da próxima edição, outras artistas já fizeram história no Super Bowl ao longo da última década. Por conta disso, a expectativa para o comeback da dona da Fenty Beauty é ainda maior, já que os shows costumam entregar performances icônicas todos os anos.

Relembre 5 momentos históricos da maiores divas pop nos últimos anos:

Madonna de Cleópatra

Madonna no show de intervalo do Super Bowl 2012
Madonna no show de intervalo do Super Bowl 2012. Foto: REUTERS/Jeff Haynes

Em uma "viagem" para a Roma Antiga, o show de Madonna no Super Bowl de 2012 foi marcado pela artista encarnando a Cleópatra. Com direito a ser carregada por súditos, ela chegou ao palco ao som do clássico “Vogue”, contou com diversos figurinos, efeitos pirotécnicos e participações de Nicki Minaj, M.I.A e Cee Lo Green.

Katy Perry recordista de audiência (2015)

Katy Perry no show de intervalo do Super Bowl 2015
Katy Perry no show de intervalo do Super Bowl 2015: Foto: Mark J. Rebilas/USA TODAY Sports

Katy Perry garantiu o título de maior audiência da história do Super Bowl em 2015 e não foi superada até hoje. De acordo com a Billboard, o show de intervalo da norte-americana acumulou 118,5 milhões de telespectadores com hits como “Teenage Dream”, “California Gurls” e “Dark Horse”. A artista é conhecida por cenários e looks coloridos, além de muita criatividade em suas performances, o que não faltou na apresentação daquele ano.

Beyoncé protesta contra racismo (2016)

Beyoncé no show de intervalo do Super Bowl 2016
Beyoncé no show de intervalo do Super Bowl 2016. Foto: Thearon W. Henderson/Getty Images

Embora Beyoncé tenha sido coadjuvante do Coldplay no Super Bowl 2016, já que ela comandou a performance de 2013, a cantora fez história em sua segunda participação no evento. Com dançarinas pretas, de boinas pretas e punho erguido, a performance fez referência aos Panteras Negras, grupo em defesa da comunidade afro-americana, além da coreografia em grupo formar um X no gramado, o que remeteria ao grande ativista Malcom X.

Ao lado de Bruno Mars nos minutos finais da show de intervalo, Beyoncé roubou a cena com look inspirado em Michael Jackson com a primeira interpretação de "Formation", que protesta contra o racismo nos Estados Unidos, criticando padrões brancos de beleza e exaltação a ascendência negra. Na letra, há ainda um verso em que ela diz que será é o "Bill Gates negro" em construção.

Inclusive, a breve apresentação resultou na hashtag viral #BoycottBeyoncé no Twitter com diversas críticas de quem não gostou da militância da Queen B. Ela conseguiu causar incômodo daqueles que parecem não suportar a ascensão de uma figura preta.

Lady Gaga "voando" (2017)

Lady Gaga no show de intervalo do Super Bowl 2017
Lady Gaga no show de intervalo do Super Bowl 2017. Foto: REUTERS/Adrees Latif

O mais aclamado! De acordo com a lista feita pela NFL e ABC, o show de Lady Gaga em 2017 foi considerado como o melhor realizado por uma artista feminina na história do evento. Repleta de coreografias e acrobacias, a cantora chegou a "voar" pelo estádio, presa a cabos de aço, sem perder a postura de uma grande diva pop. A performance contou com hits como "Poker Face", "Born This Way", "Just Dance" e "Bad Romance", que viraram hinos do pop mundial.

Shakira com Jennifer Lopez (2020)

Shakira e Jennifer Lopez no Super Bowl 2020
Shakira e Jennifer Lopez no Super Bowl 2020. Foto: Matthew Emmons/USA TODAY Sports

Representatividade latina! A colombiana Shakira e a filha de porto-riquenhos Jennifer Lopez se juntaram para se apresentar no palco do Super Bowl de 2020. Em 13 minutos de show, as duas entregaram muitos hits e danças que levaram as raízes da América Latina ao topo naquela noite. "Hips Don’t Lie”, “Jenny From The Block” e “Waka Waka” fizeram parte do repertório icônico.