Antônio Fagundes reclama do fim dos contratos longos na televisão

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 30.08.2022 - Foto, Antonio Fagundes (ator). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 30.08.2022 - Foto, Antonio Fagundes (ator). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Após 44 anos de casa, Antônio Fagundes deixou de ser funcionário da Globo no ano passado. Não demorou muito para que o ator recebesse várias propostas de produções nas plataformas de streaming, mas ele acabou fechando mesmo com a TV Cultura. O ator é um dos protagonistas de "Independências", minissérie dirigida por Luiz Fernando Carvalho, que estreia na quarta (7). Mesmo com um trabalho já engatilhado, Fagundes reclamou do fim dos contratos longos na televisão.

"O ator sempre foi um desempregado. Quando comecei a fazer teatro, você entrava em uma peça e já começava a procurar outra. Tinha que estar sempre correndo atrás para juntar um dinheirinho e a televisão, durante um tempo, deu uma certa estabilidade com os contratos longos. Agora, com essa nova política de vínculo por produção, todo mundo está desempregado o tempo inteiro", explicou o ator em entrevista ao Flow Podcast.

Antônio Fagundes, 73, também revelou o motivo de sua saída da Globo. Ele contou ter sido chamado para fazer "Pantanal" e que a a direção da emissora não aceitou que ele as gravasse as suas cenas nas segundas, terças e quartas-feiras. "Fiz isso a minha vida inteira na Globo. Cheguei gravar assim o 'Rei do Gado' (1996) no Araguaia, gravei 'Renascer' (1993) em Ilhéus. Sempre gravei as segundas, terças e quartas por causa das peças que eu fazia e nunca teve problema. Acho que mudou um pouco a mentalidade da direção e foi assim que eu saí.", contou ele.

O ator assumiu também ter recebido propostas para trabalhar nas plataformas de streaming logo após deixar a Globo, mas não aceitou. "Eu recebi convites, sim, mas é um mundo complicado para nós. Se eu for gravar alguma coisa no streaming, eu tenho que parar o teatro. Basicamente, é assim que funciona e não tinha sentido então ter saído da Globo", finalizou Fagundes.