Anne Lottermann defende traição e revolta bailarinas de bailarinas do Faustão

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Uma declaração polêmica e lá se foi o clima de confraternização do quadro "Pizza do Faustão" (Band), exibido nesta terça-feira (14). A apresentadora Anne Lottermann, 38, virou o centro das atenções depois de dizer que traições amorosas podem, sim, ser perdoadas.

A declaração revoltou as bailarinas de Fausto Silva, 72, que tiraram satisfações com Anne. "Como assim, Anne? Perdoar uma traição?", questionou a bailarina Nathália Ramos. Mayara Araújo não perdeu tempo e mandou para a apresentadora: "Você caiu no meu conceito!"

"Deixa eu falar. Se você está numa relação longa, nunca teve um deslize e às vezes acontece uma vez de ter uma traição, a pessoa merece uma segunda chance. Eu daria uma segunda chance", ainda argumentou a apresentadora. Mas as dançarinas continuaram decepcionadas com a colega de trabalho e Faustão brincou: "Estou no meio de um bando de cães da raça rottweiler".

Incomodada com a repercussão, Anne resolveu se explicar nas redes sociais nesta quarta-feira (15). "Vamos combinar. Nem todo mundo está pronto para essa conversa. E deixo claro que estou falando de relações profundas e duradouras. Não de relações rasas!", finalizou a ex-apresentadora do boletim meteorológico do Jornal Nacional (Globo). Ela deixou a emissora em dezembro do ano passado após 11 anos de casa..

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos