Anne Heche ficou presa por 45 minutos em carro em chamas antes de ser resgatada

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz norte-americana Anne Heche ficou presa durante 45 minutos em seu carro em chamas antes de ser resgatada pelos bombeiros. As novas informações sobre o acidente que causou a morte de Heche foram obtidas pelo veículo NBC4 LA.

No dia 5 de agosto, a atriz dirigia em alta velocidade quando perdeu o controle e se chocou com uma casa, provocando um incêndio. Os bombeiros levaram cerca de 20 minutos para se aproximar do carro e outros 20 para retirar o veículo da casa em chamas e resgatar Heche, segundo registros do departamento de bombeiros de Los Angeles.

O chefe dos bombeiros afirmou que era difícil enxergar o interior do carro e acessá-lo, devido à intensidade do fogo e da fumaça. Os profissionais chegaram ao local do acidente às 11h01, mas só confirmaram que havia uma pessoa dentro do carro às 11h25.

Após o acidente, ela ficou em coma por seis dias e teve morte cerebral em 12 de agosto, quando os aparelhos foram desligados.

Legistas atribuíram a causa da morte a "inalação e lesões térmicas". O relatório também lista "fratura do esterno devido a trauma contuso", o que é chamado de "condição significativa" em sua morte.

O funeral foi realizado no dia 18 de agosto e os restos mortais de Anne Heche foram enterrados no Hollywood Forever Cemetery em Los Angeles, Estados Unidos.