Anitta leva melhor clipe de música latina no VMA equilibrando pop ao funk

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Anitta venceu o Video Music Awards, o VMA, na categoria melhor clipe de música latina. "Meu Deus, eu não estava esperando por isso. Quero dizer que estamos fazendo história, é a primeira vez que o Brasil está aqui", ela disse.

No fim deste domingo (28), a cantora Anitta estreou no palco do Video Music Awards, o VMA, tentando equilibrar o baile de favela e sua versão de cantora pop latina.

No alto de uma pirâmide, Anitta apareceu com um macacão justo ao corpo, rodeada por um batalhão de dançarinos. Ela, então, entoou o hit "Envolver", com o qual se tornou, em julho passado, a primeira artista latina a ficar em primeiro lugar no Spotify.

Em seguida, se voltou ao público, disparando seu bordão. "E aí, VMAs, vocês acharam que eu não ia rebolar a minha bunda hoje?", ela perguntou. Ao fundo, o telão mostrava as cores da bandeira do Brasil, enquanto Anitta rebolava ao som do ritmo tão característico das periferias brasileiras. "Hoje eu apresentei aqui um ritmo que era considerado um crime no meu país", ela afirmou em seu discurso. "Eu vim da periferia."

Com "Envolver", Anitta já havia indicado que sua performance seria mesmo sensual, fazendo a coreografia que viralizou no TikTok --os dançarinos e a cantora rebolando com pés e braços apoiados no chão-- e trocando carícias com um dos seus parceiros em cena.

É a segunda vez consecutiva que Anitta participa do VMA. Nesta edição, ela foi classificada pela transmissão da MTV, organizadora da cerimônia que premia os melhores clipes do ano, como uma "rainha". A carioca de Honório Gurgel foi apresentada ao palco pelo grupo de pop coreano Blackpink.