Anitta faz show-relâmpago na Parada LGBT

Foto: Cláudio Augusto/Brazil News

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Atração mais esperada desta edição da Parada LGBT que aconteceu no domingo (18), em São Paulo,  a cantora Anitta fez uma apresentação bem rápida em cima do penúltimo trio elétrico a passar pela Paulista.

Na participação, que durou cerca de vinte minutos, ela cantou sucessos como Bang, Sim ou Não, Essa Mina é Louca e Paradinha. Ao final, ela se despediu do público e se desculpou por ter que ir embora tão rápido. “Foi uma palhinha mesmo, pessoal”, disse. Segundo a organização, ela tinha que pegar um voo às 16h30.

Leia mais
Beyoncé dá à luz gêmeos
Sophie Charlotte vai ao circo com Daniel de Oliveira, filho e enteados

Mais cedo, no Twitter, Anitta já havia adiantado que sua participação na Parada seria rápida, afirmando que a divulgação de como seria sua participação “não foi clara”.  Antes de ir, ela agradeceu a presença do público. “Nunca me senti tão amada como hoje. Espero poder fazer pela causa um pouco do que vocês fizeram por mim hoje”.

Anitta enfrentou um grande tumulto para descer do trio e ir embora da Parada (Foto: Cláudio Augusto/Brazil News)

Em seguida, ela saiu escoltada por um batalhão de seguranças no meio da multidão. “Pessoal, me ajudem a chegar viva em casa hoje”, disse antes de deixar o trio. A apresentação-relâmpago frustrou alguns, como o estudante Vinicius Vieira, 18. “Ela poderia ter cantado mais.” Para ele, é bom ter uma artista do porte da Anitta defendendo a causa gay, mas não deixa de uma ação de marketing. “É um pouco das duas coisas.”