• Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Anitta explica porque manteve bissexualidade em segredo: "Muito tabu, preconceito"

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Com a carreira internacional bombando e o single "Envolver" no topo das paradas no mundo, Anitta deu uma entrevista para o tradicional jornal "New York Times" e falou sobre a época em que ainda não havia se declarado bissexual.

"Foi complicado para mim porque era um tema muito tabu na época. Muitas cantoras e cantores que conheço ainda não tinham saído do armário, e não os julgo porque as pessoas caíram matando em cima de mim quando me assumi bi", explicou ela.

Anitta afirmou que foi obrigada a falar sobre o assunto após a mídia divulgar uma foto sua beijando uma mulher. "Nessa hora eu percebi que eu já estava cansada de me esconder. Minha mãe sabe que eu beijo mulheres desde os 13 anos, por que eu preciso me importar com o que outras pessoas acham?".

A funkeira também falou na entrevista sobre suas críticas a respeito do governo do presidente Jair Messias Bolsonaro, e explicou que demorou para se posicionar contra o político porque estava em um retiro espiritual durante o pico da campanha para a presidência. "Eu estava tendo minha iniciação no Cadomblé, e precisei ficar 21 dias isolada do mundo, sem contato nenhum. Quando eu vi que precisaria me posicionar, eu percebi que não sabia nada de política, não conhecia o papel de um senador, um deputador. Não tenho vergonha de admitir isso", comentou.

Novo álbum

Enquanto a internet se decide se a capa do novo disco de Anitta, "Versions on Me", é feia ou não, a cantora brasileira trabalha para entregar um álbum de qualidade e, sobretudo, internacional. Nesta quinta-feira (7), a cantora revelou no Twitter que o trabalho contará com duas participações especiais de peso: Khalid e Ty Dolla Sign.

Khalid é um dos cantores de r&b mais celebrados da atualidade, com hits como "lovely", uma parceria com Billie Eilish, e "Better". "A música com o Khalid se chama Ur Baby. É uma música romântica. Não é dançante. É uma vibe meio R&B (não muito. mas meio vibe dele assim, sabe). Pra ouvir quando a gente está apaixonado e pensando em alguém. A música é a faixa 10 do álbum", contou Anitta.

A cantora brasileira contou que se emocionou tanto com a faixa quanto a oportunidade de ter Khalid no álbum. "Essa eu não escrevi. Eu recebi pelo meu manager e me APAIXONEI de primeira. No dia da gravação me segurei para não chorar na frente do Khalid porque era meu sonho ter ele para essa música", disse ela.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos