Anitta diz que não imaginava ter rebolado na frente de política conservadora

*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 01.03.2022 - A cantora Anitta durante show privado no Jockey Club durante o encerramento do Carnaval na cidade de São Paulo. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 01.03.2022 - A cantora Anitta durante show privado no Jockey Club durante o encerramento do Carnaval na cidade de São Paulo. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Anitta, 29, parece se divertir com a repercussão de ter rebolado sensualmente o hit "Envolver" na frente de Isabel Díaz Ayuso, política conservadora presidente da Comunidade de Madrid, durante apresentação na premiação "Los 40", na Espanha, na última sexta-feira (4).

Ela compartilhou nesta segunda-feira (7) no Twitter o vídeo de parte da apresentação no palco após ter explicado à apresentadora do programa Ana Rosa, da emissora espanhola Telecinco que não fez a dança para provocar a política conservadora. "Eu não imaginava que teria tanta gente importante nessas mesas", disse, aos risos, em vídeo enviado ao programa.

A política espanhola, conhecida por ser uma das lideranças conservadoras, surpreendeu a todos batendo palmas e rebolando junto com Anitta. Questionada pela apresentadora do programa se ficou incomodada com a cantora, ela respondeu com bom humor que não se importou com a dança sensual de Anitta.

Ela brincou dizendo que não rebola como a cantora e por isso ficou na cadeira. "Eu a vi e disse a mim mesma: 'Tenho que ir à academia'. Mas não funciona para mim", disse Isabel.

O perfil oficial da premiação não perdeu tempo e também comentou a cena protagonizada pela brasileira. "Anitta realmente não se importa com quem quando se trata de rebolar. O que não esperávamos foi esse momento com Isabel Díaz Ayuso", brincou a publicação.