Angelina Jolie brigou com Brad Pitt por trabalho dele com Weinstein

·2 minuto de leitura
HOLLYWOOD, CA - NOVEMBER 05:  Actors Angelina Jolie and Brad Pitt arrive at the AFI FEST 2015 presented by Audi Opening Night Gala Premiere of Universal Pictures' 'By The Sea' at TCL Chinese 6 Theatres on November 5, 2015 in Hollywood, California.  (Photo by Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic)
Angelina Jolie e Brad Pitt posam para fotógrafos em evento realizado em 2015 (Foto de Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic)

Resumo da notícia:

  • Angelina Jolie revelou que brigou com Brad Pitt após ele trabalhar com Harvey Weinstein

  • De acordo com a atriz, o seu ex-marido sabia que produtor já havia assediado ela e muitas outras atrizes

  • "Nós brigamos bastante. É claro que isso machucou", desabafou a atriz

Angelina Jolie brigou com Brad Pitt após o ex-marido procurar a empresa de Harvey Weinstein, The Weinstein Company, para distribuir o seu filme "O Homem da Máfia" (2012). De acordo com a atriz, o ator sabia que o produtor havia assediado ela e outras atrizes.

"Nós brigamos bastante. É claro que isso machucou. Eu evitei ao máximo comparecer aos eventos promocionais daquele filme", revelou a atriz em entrevista ao jornal britânico Guardian.

Leia também:

A própria Jolie não quis dar detalhes do episódio em que foi vítima de Weinstein. Ela afirmou na entrevista que conseguiu fugir dos avanços do produtor quando estrelou “Corações Apaixonados” (1998), aos 21 anos.

 “Se você consegue fugir da sala, você pensa: ‘Ele tentou, mas não abusou de mim’, certo? A verdade é que a tentativa, a experiência da tentativa, já é um assédio. O que ele fez foi mais do que uma cantada, foi algo de que tive que fugir”, disse ela.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Após ser vítima do produtor, a atriz passou a alertar outras pessoas sobre a conduta dele. "Eu lembro de contar a Jonny [Lee Miller], meu primeiro marido, e ele foi ótimo em relação a isso, vivia dizendo a outros caras, avisando: 'Não deixem ele sozinho com mulheres'", contou ela.

Jolie afirma que até rejeitou um papel em “O Aviador” (2004), filme de Martin Scorsese, para não se associar a Weinsten. Sabendo de tudo isso, Brad Pitt não se sensibilizou e optou por trabalhar com ele no projeto. "Eu nunca mais cheguei perto dele. Então, foi difícil para mim quando Brad fez isso", finalizou.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos