Conheça Ángela Álvarez, revelação do Grammy Latino aos 95 anos

Ángela Álvarez com seu prêmio no Grammy Latino 2022
Ángela Álvarez com seu prêmio no Grammy Latino 2022. Foto: REUTERS/Steve Marcus

Resumo da notícia:

  • Grammy Latino premiou artista de 95 anos como Revelação do Ano

  • Ángela Álvarez venceu a estatueta ao lado de Silvana Estrada, de 25 anos

  • Cubana gravou primeiro álbum apenas em 2021

Realizado na última quinta-feira (17), o Grammy Latino contou com um momento bastante inusitado e emocionante na premiação da categoria Revelação do Ano. Isso porque a vencedora da estatueta ao lado de Silvana Estrada tem 95 anos de idade.

Ángela Álvarez é o nome da cantora reconhecida dentre vencedores brasileiros como Liniker, Chitãozinho e Xororó e Ludmilla na cerimônia que exalta artistas musicais. Mas quem é ela?

Natural de Cuba, a cantora vive nos Estados Unidos desde 1959, mas gravou seu primeiro álbum de estúdio apenas em 2021. Disponível em plataformas de streaming, o disco que leva seu nome apresenta 15 composições próprias, escritas desde a adolescência e reprimidas pelo pai no passado.

Idealizada pelo produtor Carlos José Alvarez, a produção foi resultado do sentimento de urgência do rapaz de preservar o legado dela antes que fosse tarde demais.

De acordo com o site oficial de Angela, para que isso fosse possível, Carlos reuniu músicos internacionais vencedores do Grammy para gravar suas músicas e o mundo todo ouvir. Eles definem o trabalho como a trilha sonora de uma vida de muitas batalhas, como a perda do marido e de uma filha para o câncer ainda jovem.

No discurso de vitória, Angela dedicou o prêmio a Deus e ao país natal. "A Deus, à minha amada pátria, Cuba, que jamais poderei esquecer e também a todos aqueles que ainda não realizaram o seu sonho", declarou. “Mesmo que a vida seja difícil, sempre há uma saída e com fé e amor poderemos encontrá-la. Garanto que nunca é tarde”, completou.