Andressa Urach se revolta com machismo: "Temos que ser respeitadas, mostrando a bunda ou não"

Em uma série de stories publicados nesta terça-feira (20), Andressa Urach se pronunciou a respeito dos ataques misóginos que recebeu após o anúncio do retorno do Miss Bumbum Brasil.

A modelo, que agora é sócia do concurso, explicou que mulheres merecem ser respeitadas independentemente da roupa que usam. "Merecemos respeito, estejamos mostrando a bunda ou não, usando biquíni ou não, participando do Miss Bumbum ou não. Chega desse tipo de comentário. Quando eu era religiosa eu ouvia muita coisa desse tipo disfarçada de virtude, e eu me afastei por isso, foi um dos motivos mais fortes. Eu não suporto nenhum tipo de preconceito", explicou.

Leia também:

Em seguida, Andressa afirmou que sua ruptura da Igreja Universal a fez entender que esse tipo de doutrinação é nociva, e que todas as mulheres merecem ser livres e donas do próprio corpo.

"Lembra que uma vez eu falei uma frase assim ‘roupa não define caráter, mas caráter define roupa'. É porque eu fui doutrinada a ser um robozinho. Então, eu tinha que repetir o que eu aprendia, porque eu tinha medo de Deus. Achava que Deus ia me matar a qualquer momento, porque eu era uma pecadora", contou.