Andressa Urach revela que igreja tentou afastá-la de amigos gays

Redação Vida e Estilo
·1 minuto de leitura

Após anunciar que estava deixando de lado a vida religiosa em novembro deste ano, a modelo Andressa Urach começou a usar suas redes sociais para denunciar comportamentos abusivos da Igreja Universal, e deixou claro sua decepção com os pastores e ex-mentores. Em foto publicada no feed de seu Instagram na madrugada desta terça-feira (24), Urach explicou que um religioso chegou a tentar afastá-la de seus amigos gays.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Uma vez uma pessoa religiosa fez eu me afastar de uma amizade que eu amava, por essa amizade ser gay, essa pessoa religiosa disse que essa amizade estava me levando ao inferno. O mais engraçado que o meu amigo “gay” que nunca me humilhou e ainda me ajudou no dia que mais precisei, nunca absolutamente nunca me fez mal algum, nem com palavras e muito menos com atitudes", contou a modelo.

Veja também

Andressa Urach entrou na Igreja Universal em 2014, após quase morrer devido a um procedimento estético que deu errado. O objetivo da modelo era se tornar pastora, mas recentemente Urach explicou que está fora da igreja definitivamente e que chegou a solicitar a devolução dos dízimos que doou ao longo dos anos.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube