André Azeredo deixa a Globo para apresentar jornal da Record

(Foto: Antonio Chahestian/Record TV)

O repórter André Azeredo não trabalha mais na Globo. O jornalista assinou contrato com a Record para ser o apresentador do ‘SP no Ar’, que é exibido diariamente no mesmo horário que o ‘Bom Dia São Paulo’. Agora, ele terá a difícil missão de concorrer em audiência com o jornal para o qual trabalhou de 2015 até o início deste ano na emissora líder em audiência.

Receba no seu Whatsapp as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais)

“É uma transformação e tanto na minha carreira. A Record tem coragem para mudar, então eu também tive coragem para mudar”, afirma o profissional, que sempre atuou como repórter e, eventualmente, como apresentador substituto em jornais locais. Pela primeira vez, ele será o titular de um programa. “É um incentivo e tanto ter uma página em branco todos os dias”, celebra.

Com um perfil leve e bem-humorado, Azeredo chamou atenção do público e da emissora concorrente por ser descontraído desde o dia em que chegou na Globo São Paulo. Diariamente, o repórter fazia Rodrigo Bocardi e Gloria Vanique rirem com suas entradas ao vivo. E, mesmo brincalhão, sempre demonstrou dominar os assuntos tratados nas reportagens.

Para Antonio Guerreiro, vice-presidente de jornalismo da Record, “a chegada de Azeredo reforça a comunicação direta, simples, clara e acessível que o jornalismo da emissora sempre teve com o telespectador”.

Na manhã desta quinta-feira (07), André comentou a mudança em seu perfil do Instagram e aproveitou para agradecer o apoio de Rodrigo Bocardi, amigo e âncora da Globo. “Foi sensacional. Quase mágico. Foi um sonho realizado. Uma etapa cumprida. Foram 4 anos de muuuuuito aprendizado. De trabalho. Risadas. Algumas lágrimas. Mas foi intenso. Meu tchau é por mim. Não por ela. Eu quero experimentar. Testar. Tentar. Viver. Obrigado a família Globo”, escreveu.

No post, o jornalista ainda esclareceu que a antiga casa nunca o pediu para emagrecer e sempre estendeu a mão quando ele precisou. “Não fica uma nódoa de mágoa. Vamos em frente. Força. Determinação e coragem!”, completou.

Proposta veio na hora certa

Segundo o “Notícias da TV”, André pediu demissão para a Globo durante o plantão de Carnaval, por isso a mudança tão repentina. O jornalista trabalhou pela emissora, no sambódromo de São Paulo, na sexta e no sábado, mas teria fechado contrato com a Record já na manhã da última segunda-feira (4).

André sonhava com uma oportunidade como essa há um bom tempo. De acordo com o jornalista Daniel Castro, a Globo pretendia testar o desempenho do profissional na bancada do jornalístico desde 2015, mas ao colocar as mãos em obras do Masp (Museu de Arte de São Paulo), enquanto fazia uma reportagem, a ideia foi adiada. Na época, o comportamento dele pegou mal e a diretoria da Globo teria optado por esperar um pouco mais.

A Record, porém, foi rápida e conseguiu encher os olhos do carioca com a oportunidade para ser âncora de uma atração reformulada. O contrato já foi assinado, mas emissora e o profissional ainda não divulgaram a data de sua estreia à frente do jornalístico.

André nasceu no Rio de Janeiro e tem 36 anos. Aos 17 anos, mudou-se para Porto Alegre e estudou Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), onde formou-se em 2005. O profissional já passou pela Band, onde ficou de 2005 a 2006, e também prestou serviços para a RBS, entre 2006 e 2015. No mesmo ano, mudou-se para São Paulo, onde trabalhou na Globo como repórter até o início deste ano.