Anac investiga pouso irregular de helicóptero com adesivo da Havan em SC

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Helicóptero com adesivo da Havan tenta pousar em píer. (Foto: Reprodução/Facebook)
Helicóptero com adesivo da Havan tenta pousar em píer. (Foto: Reprodução/Facebook)

Um helicóptero com adesivo da rede de lojas Havan foi filmado realizando uma manobra arriscada ao tentar pousar em um píer estreito, em uma praia de Porto Belo, em Santa Catarina

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) instaurou um processo administrativo para apurar o caso e Havan emitiu uma nota negando se tratar de uma aeronave da empresa.

Leia também

O caso, de acordo com postagens nas redes sociais, ocorreu no sábado (20) na praia Caixa D'Aço. O píer pertenceria a uma pousada da região. 

No vídeo, é possível ver que o piloto tentou pousar no local sem sucesso por duas vezes. Na primeira, a aeronave toca o píer e uma pessoa chega a abrir a porta da aeronave, mas o piloto desiste. 

O helicóptero se afasta e é possível ver que há pessoas no mar em outras embarcações. A aeronave faz uma segunda aproximação e, desta vez, começa a inclinar para trás. 

"Se ficar configurado que houve irregularidade às normas de aviação civil, a Anac poderá aplicar penalidades aos responsáveis pela operação, que vão de multa a cassação de habilitações e certificados", disse a Anac, em nota ao UOL.

A Havan relatou, em nota, que o helicóptero não pertence à empresa e apenas utiliza um heliponto em um terreno da Havan e, por isso, apresentava a logomarca na fuselagem.

"A Havan possui três helicópteros a serviço da empresa e que operam sempre com a maior segurança", diz o texto.

De acordo com a Anac, em dezembro de 2019, a mesma aeronave soltou fogos de artifícios durante o réveillon, no Balneário Camboriú.

Na ocasião, a Agência instaurou processo administrativo e foram registrados seis autos de infração, que se referiam a realização de voo panorâmico clandestino, transporte indevido de artigos perigosos e carga externa devido ao show de pirotecnia.