Ana Paula Padrão avalia repercussão dos looks de Deborah Secco na Copa: "Não é jornalista"

Deborah Secco (Foto: Gleik Suelbe)
Deborah Secco (Foto: Gleik Suelbe)

Mulher e jornalista da Globo por muitos anos, Ana Paula Padrão conversou com Yahoo sobre os looks que Deborah Secco tem usado para comentar jogos da Copa do Mundo 2022 no SporTV. As produções, assinadas pelo stylist Erick Maia, dividem opiniões nas redes sociais: alguns estão adorando, outros acusam a atriz de sexualizar as jornalistas da emissora e colocar em xeque a seriedade das transmissões.

Para Ana Paula, no entanto, isso não faz sentido. “Deborah não é jornalista, é uma celebridade que foi convidada para estar lá. Por mais que ela use uma espécie de uniforme, não faz sentido compará-la às profissionais da área ou exigir que ela siga um determinado código de vestimenta. Eu, no lugar dela, também não me sentiria na obrigação de fazer isso”, começou Ana.

“Aliás, muito autêntico da parte dela personalizar as peças. Achei incrível! Ainda mais levando em consideração que estamos falando de um evento que é sobre alegria, diversão. Estranharia se a Deborah usasse essas roupas em um enterro. Aliás, nem em um enterro! Somos livres para usarmos o que quisermos e nossa voz e relevância não se resumem ao que vestimos ou à nossa aparência”, completou.

Dudu Bertholini, um dos stylists mais renomados do país, também saiu em defesa da atriz em um bate-papo com o Yahoo. “A moda é uma poderosa ferramenta de expressão. Fala muito sobre quem somos, o papel que a gente ocupa na sociedade e o que queremos comunicar. Além disso, a moda tem a função de desafiar costumes e promover mudanças que sejam necessárias. Então, para mim, é muito natural e até um ato de resistência que Deborah use esses looks ao comentar as partidas que estão acontecendo no Qatar, um país superconservador, que tem feito menções à censura de direitos sociais e humanos que já foram conquistados em outros países”, avaliou.

Bertholini lembrou ainda que o futebol é um esporte "ainda muito cercado pelo machismo, pela misoginia e pela lgbtfobia". "O que ela está fazendo ganha outro peso quando pensamos em todo esse contexto", ressalta.

O que Deborah Secco tem a dizer sobre a polêmica

Na postagem de uma das produções, já com o assunto em alta, a atriz demonstrou que não pretende mudar de planos por causa das críticas. "Vou continuar comentando a Copa do Mundo FIFA do meu jeitinho, aprendendo com vocês, vibrando, rindo e me divertindo. Isso é Copa. Isso é aproveitar ao máximo", escreveu.

Inclusive, ela já havia adiantado as alterações no uniforme do SporTV durante uma participação no "Encontro" que foi ao ar no dia 8 deste mês.

Black Friday 2022: As melhores ofertas escolhidas especialmente para você