Ana Paula Arósio posa com fã durante as eleições: 'Só eu a reconheci'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Por decisão própria, a atriz está longe da TV desde 2010 (Reprodução/ Instagram)
Por decisão própria, a atriz está longe da TV desde 2010 (Reprodução/ Instagram)

Afastada da TV desde 2010, quando estrelou a série “Na Forma da Lei”, Ana Paula Arósio optou por viver longe dos holofotes desde que desistiu de protagonizar a novela “Insensato Coração”, no mesmo ano. Mesmo assim, a atriz foi reconhecida por uma fã quando foi votar no último domingo (28) em um colégio no bairro Jardim Marajoara, em São Paulo.

Sorridente, Ana Paula Arósio posou ao lado da professora de Educação Física e funcionária publica Ana Paula Tobias, que contou ao jornal “Extra”, depois que sua foto ao lado da atriz viralizou na internet, que foi a única a reconhecê-la no local. “Esperei ela votar, e quando ela estava indo embora, eu perguntei se podia tirar uma foto com ela, e ela falou: ‘sim, claro’. A Ana Paula Foi muito simpática e sorridente. Depois que ela saiu do colégio, as pessoas que estavam lá falaram para mim: ‘Nossa, se você não falasse que era ela, a gente nem ia perceber…’ Mas ela tirou o óculo escuro e eu não tive como não reconhecer aquele olhão azul. Só eu a reconheci. O físico está igual, mas só o rosto tá mais gordinho e o cabelo mais comprido”, contou a fã.

Leia mais:
Aos 55 anos, Xuxa chama atenção com look decotado
Luana Piovani sobre traição: ‘Encaro como ponto final na relação’

Atualmente, Ana Paula Arósio mora na Inglaterra, para onde se mudou em 2015 com o marido, arquiteto Henrique Pinheiro. Em entrevista durante o lançamento do filme “A floresta que se move”, a atriz contou que é mais feliz longe da fama. “Sou bem mais feliz agora. Muito do que me tirava do sério antigamente, hoje não me incomoda mais. Morar fora também exige flexibilidade. Desde menina eu queria parar de trabalhar cedo para curtir a vida. É comum ouvir: ‘Quando eu me aposentar, vou…’, mas aí a pessoa está cardíaca, diabética, não consegue andar e gasta todo o dinheiro que juntou com hospital. Quis gastar comigo antes disso”, explicou ela.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos