Ana Maria Braga pede desculpas por falar em 'racismo reverso' na TV: 'Errei'

·2 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 27.04.2019 - Retrato da apresentadora Ana Maria Braga. (Foto: Karime Xavier/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 27.04.2019 - Retrato da apresentadora Ana Maria Braga. (Foto: Karime Xavier/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A apresentadora Ana Maria Braga, 71, abriu o seu Mais Você desta terça-feira (2) pedindo desculpas por ter citado o termo “racismo reverso” para criticar as atitudes de Lumena dentro do BBB 21.

“Ontem li várias postagens informando que eu havia feito comentários equivocados. Foi quando mostramos a Lumena falando sobre branquitude se referindo à Carla Dias. Usei a expressão ‘preconceito reverso’ entendido como racismo reverso. As críticas me fizeram ir atrás da informação”, começou.

“Na maioria das vezes sobre esse assunto somos desinformados. Ativistas e pensadores da atualidade criticam esse preconceito contra brancos definindo que racismo não se define pela cor. É um sistema de opressão que tem relação com relações de poder. E os negros não possuem poder institucional para serem racistas contra brancos”, emedou.

Na sequência, pediu desculpas pelo comentário. “É um reflexo da dificuldade da sociedade em lidar com essas questões. Vamos aprendendo. Já descobri algo que não farei mais. Não faz sentido usar essa expressão e peço desculpas. Eu nunca fui racista de qualquer assunto. Sempre tive o maior respeito pelas pessoas. Eu não sabia mesmo e eu errei”, finalizou.

No Mais você da última segunda-feira (1), Ana Maria criticou as atitudes de Lumena dentro da casa por conta de suas militâncias raciais. "A gente tem culpa disso [ser branco], né? Da mesma forma, tá acontecendo um reverso aí, né?", disse ela na atração.

Após ver alguns vídeos dos papos entre Lumena e outros participantes, Ana disse: "Gente, eu não entendi esse negócio de branquitude, explica para mim, porque você não é branquitude, então, né? Eu e você somos branquelíssimos", comentou a apresentadora com o repórter de estúdio Ivo Madoglio.

Ela completou o raciocínio. "A gente tem culpa disso, né? Da mesma forma, tá acontecendo um 'reverso' aí, né? Ali [no BBB] você tem que votar em alguém, não importa se é branco, preto, amarelo, vermelho, você tem que votar em alguém. É um jogo", disse Ana.